Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Flávio Dino diz que não ‘sacrifica’ princípios e propostas por alianças politicas

Governador concedeu entrevista exclusiva ao programa ‘Na Hora’ (Foto: Handson Chagas)

Em entrevista concedida na tarde desta quinta-feira (21) ao programa ‘Na Hora’, na Rádio 92,3, o governador Flávio Dino anunciou em primeira mão a construção de um grande hospital na capital para atender a população da Grande Ilha. “Lançaremos o hospital da Ilha, um grande hospital de urgência e emergência para a Ilha de São Luís. Será o grande Socorrão da Ilha de São Luís. Licitação ocorrerá esse ano”, disse o governador.

WhatsApp-Image-2017-09-21-at-15.28.12

O hospital da Ilha será construído na avenida São Luís Rei de França e terá 320 leitos. “Uma grande obra que vai ser muito importante para um milhão e meio de maranhenses”, anunciou Dino ao radialista Flávio Chocolate.

O governador anunciou ainda que o edital do concurso da Polícia Militar sai até o fim deste mês de setembro.

Falando sobre política e respondendo ao questionamento do jornalista Isaías Rocha sobre alianças partidárias e questões envolvendo o PSDB que pode sair da sua base, Flávio Dino demonstrou tranquilidade. “É normal que haja pessoas que gostam e não gostam, por razões pessoais e políticos, temos que respeitar. Eu não sacrifico princípios e propostas”, declarou.

Participaram ainda da entrevista as jornalistas Beatriz Marks e Lene Alves.

WhatsApp-Image-2017-09-21-at-15.28.24

A íntegra da entrevista pode ser vista AQUI.

Maranhão perde mais duas posições em ranking de competitividade

Depois de perder três posições no Ranking de Competitividade divulgado pelo Centro de Liderança Pública (CLP) em 2016, o Maranhão perdeu mais duas posições no levantamento de 2017 e agora ocupa apenas a 25ª colocação entre 27 unidades pesquisadas.

Em 2015 o estado figurava na 20ª colocação (com nota 43,1), depois passou a 23º em 2016 (com 34,3) e, em 2017, caiu para 25º (com 31,5). A nota geral vai de 0 a 100.

Segundo o CLP, o ranking é composto a partir da seleção de 66 indicadores, “distribuídos em 10 pilares temáticos considerados fundamentais para a promoção da competitividade e melhoria da gestão pública dos Estados brasileiros: Infraestrutura, Sustentabilidade Social, Segurança Pública, Educação, Solidez Fiscal, Eficiência da Máquina Pública, Capital Humano, Sustentabilidade Ambiental, Potencial de Mercado e Inovação”.

No caso do Maranhão, a situação só não é pior porque o estudo inclui a qualidade da energia elétrica fornecia pela Cemar como fator preponderante para a melhoria da nota de Infraestrutura, por exemplo.

Baixe aqui o relatório completo.

Seminário discute metropolização em São Luís

Com o objetivo de divulgar a importância da metropolização e cumprir o que determina a legislação, o governo do Maranhão vem realizando os seminário preparatórios para a conferência, que será realizada em outubro, na capital. O processo visa implantar a gestão plena da região metropolitana da grande São Luís (RMGSL) e a governança Interfederativa. Na prática, é discutir políticas públicas comuns aos municípios da região, que podem melhorar a qualidade de vida e questões do dia a dia dos cidadão – são as chamadas funções públicas de interesse comum, também previstas no Estatuto da Metrópole.

O Seminário Metropolitano de São Luís foi o décimo primeiro evento realizado pela Agência Executiva Metropolitana. Esta etapa preparatória se encerra na sexta-feira 22, com dois seminários simultâneos nas cidades de Paço do Lumiar e Raposa.

Nesta quinta-feira, moradores da capital tiveram a possibilidade de discutir as questões mais importantes e sugerir medidas para serem levadas ao colegiado metropolitano, presidido pelo governador Flávio Dino.

Foram escolhidas cinco propostas nas áreas de mobilidade, saneamento, turismo, desenvolvimento social e educação. Para o presidente do conselho de Pais do bairro Santa Cruz Jarbas Coqueiro, esta e uma grande oportunidade de participar e contribuir. “A direção do conselho de pais tem o interesse de participar e levar as novidades para nossa comunidade, temos que aproveitar a oportunidade que esta gestão do governo está nos dando para discutir os problemas de desenvolvimento da nossa grande ilha e municípios em torno, queremos estar inseridos nesses projetos, trazer os problemas da nossa comunidade e tentar solucionar juntos.”

Além de representantes de sindicatos e associações, também estiveram presentes professores de faculdades e sociedade civil. O vice-prefeito, Júlio Pinheiro esteve no evento representando o prefeito Edivaldo Holanda Jr, além de outros secretários municipais e estaduais.

Para o presidente da Agência Metropolitana, o governo do estado assumiu o processo de metropolização com muita responsabilidade e tem compromisso com a gestão plena, para que a população possa sentir os efeitos positivos de ações concretas e voltadas para a região. “A população é parte primordial nesse processo. Precisamos estar unidos, pois a metropolização é para o bem das comunidades”, frisou.

Técnicos do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC-MA), esclareceram aspectos do Plano Diretor de Desenvolvimento (PDDI), elaborado em parceria com a Agem. Através deste plano, serão determinadas as diretrizes de atuação nos municípios da Região Metropolitana da Grande São Luís. Os Seminários também contam com a importante colaboração das Secretarias de Estado das Cidades (Secid), Desenvolvimento Social (Sedes), Educação (Seduc), Turismo (Sectur), que enviam técnicos para fazer exposições sobre temas relacionados à discussão.

Ao final dos treze seminários preparatórios, será produzido um documento consolidado dos problemas relativos às temáticas dos grupos de trabalho e as respectivas diretrizes de soluções.

As próximas edições do evento estão previstas Raposa e Paço do Lumiar, nesta sexta-feira (22). Nos dias 10 e 11 de outubro, será realizada a I Conferência Metropolitana da Grande São Luís. Mais informações e inscrições através do site www.agem.ma.gov.br.

Wellington destaca condenação de prefeita que contratou em vez de nomear aprovados em concurso

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão, na tarde desta segunda-feira (18), para destacar importante decisão do Judiciário. Trata-se da decisão da juíza Gláucia Helen Maia de Almeida, que condenou a ex-prefeita de Presidente Dutra, Irene de Oliveira Soares, por realizar a contratação irregular de dezoito servidores públicos, em detrimento da realização de concurso público.

Ao fazer referência à decisão, o deputado Wellington mencionou situações semelhantes em outros municípios e cobrou atenção das prefeituras envolvidas, do Ministério Público e do Judiciário.

“Por meio do nosso projeto ‘Ouvindo o Maranhão’, percorremos inúmeros municípios e já realizamos audiências com os aprovados em concursos como os de Pindaré-Mirim, Anapurus, Barreirinhas, Paraibano, Matões de Norte e Lago Açu. Em tais municípios, o que encontramos foram inúmeras contratações temporárias precárias. Já temos um precedente: prefeita é condenada por contratar ao invés de nomear aprovados em concurso. Deixo aqui um alerta para que as Prefeituras envolvidas ajam com moralidade e nomeiem os aprovados nos concursos públicos”, afirmou o professor e deputado Wellington.

Astro de Ogum inaugura oficialmente o painel da Câmara Municipal

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), inaugurou oficialmente o painel eletrônico do Legislativo Ludovicense, nessa segunda-feira, (18). Destacou ele que a partir de agora os parlamentares poderão fazer a votação por meio dessa ferramenta, onde todos os participantes da sessão acompanharão as atividades da edilidade são-luisense, além de transmissão de conferências e a efetiva participação da população.

Para transmitir uma mensagem sobre esse trabalho, o presidente do parlamento da capital maranhense indicou o vereador Pavão Filho (PDT) para falar em nome de todos os seus pares. “Para mim é uma grande honra poder expressar essas palavrar em nome de todos os colegas, e destacar que esse painel se trata de mais um instrumento eletrônico à nossa disposição, e de grande importância para o nosso parlamento”.

O vereador pedetista enfatizou que “dessa forma a população estará acompanhando de perto o que está dizendo e como estão agindo os vereadores”. Na oportunidade, ele ainda falou sobre trabalhos que vêm sendo realizados pela presidência do vereador Astro de Ogum, enaltecendo que “a nossa câmara é a primeira do Brasil a transmitir suas ações como as sessões e outras atividades por meio de uma emissora de rádio AM”.

ATIVIDADES

Após fazer o anúncio da transmissão do painel oficialmente, Astro de Ogum fez a observação de está realizando todo “um processo de reforma da Câmara de ponta a ponta, frisando que está esperando corresponder as expectativas de todos os colegas vereadores, bem como a compreensão de todos até o término do meu mandato como presidente, o que não me envaidece, significa para mim mais um desafio”.

Sobre as ações a serem implementadas, o dirigente do Legislativo já anunciou que entre os próximos passos já constam a análise e votação das contas dos ex-prefeitos, debates sobre o uso e ocupação do solo urbano, bem como do Plano Diretor. Ele anunciou também a concessão de placas alusivas ao aniversário da cidade, bem como um concurso sobre a história da Câmara Municipal de São Luís, que completará 400 anos em 2019.

Outras atividades que serão postas em prática, conforme adiantou Astro de Ogum, está o expresso da cidadania, que ele chama de Câmara Itinerante, onde os vereadores irão fazer visitas às comunidades, ouvir suas opiniões e anseios. a Tribuna Popular, que entrará em operação no início do próximo ano, é outra ação anunciada, além de outras que, segundo ele corresponde a uma aproximação cada vez maior com a população, “não significando um apelo por voto, mas sim uma obrigação e uma resposta do parlamento para a população”, finalizou ele.

Ufma é três vezes melhor que UniCeuma, aponta ranking da Folha

Mesmo em situação financeira difícil, a Universidade Federal do Maranhão (Ufma) segue como a melhor instituição de ensino superior do estado, segundo a edição 2017 do Ranking Universitário, da Folha de S. Paulo.

Os números foram divulgados ontem (18).

De acordo com o levantamento, a Ufma é a 56ª melhor universidade do Brasil, com nota 61,94, quase o triplo do UniCeuma, que ficou 163º lugar, com nota 22,51.

À frente do UniCeuma aparece, ainda, a Universidade Estadual do Maranhão (Uema), com 25,15 pontos, na 153ª colocação.

Neste ano, a avaliação teve seus indicadores revisados e o número de teses por professor foi incluído na avaliação do desempenho na área de pesquisa.

O critério pesquisa é o de maior peso: 42% da nota. Ensino (32%), mercado de trabalho (18%), internacionalização (4%) e inovação (4%) também são aspectos da metodologia do RUF.

A publicação utiliza o Censo da educação Superior Inep-MEC (2015), Enade (2013,2014 e 2015), SciELO (2013 e 2014), Web of Science (2013, 2014 e 2015), Inpi (2006-2015), Capes, CNPq e fundações estaduais de fomento à ciência (2015) e pesquisas de opinião do Datafolha como base de dados do ranqueamento.

Acesse aqui o ranking completo.

Adolescentes são resgatados de unidade da Funac

Dois adolescentes foram resgatados hoje (19) da unidade da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) do Vinhais.

O resgate foi efetuado por dois homens armados quando os menores voltavam de atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do Vinhais.

Em nota, a Funac informou há pouco que já acionou a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) para efetuar a busca dos internos, bem como apuração das responsabilidades pelo fato.

Emenda à Lei Orgânica quer permitir reeleição de integrantes da Mesa da Câmara

Proposta de iniciativa do vereador Marquinhos visa adequar o Regimento Interno da Casa à Lei Orgânica do Município.

 marquinhos

Está em tramitação na Câmara Municipal de São Luís projeto de emenda à Lei Orgânica nº 002/2017 que volta a admitir a reeleição da Mesa Diretora do Legislativo da Capital. A proposta que é de autoria do vereador Antônio Marcos Silva, o Marquinhos (DEM), visa adequar o Regimento Interno da Casa à Lei Orgânica do Município (LOM).

O parlamentar deu entrada na emenda no dia 05 deste mês. No primeiro momento o projeto começa a tramitar na Constituição, Justiça, Legislação, Administração, Assuntos Municipais e Redação Final, cujo presidente é o vereador Francisco Carvalho (PSL) e tem como membros os vereadores Josué Pinheiro (PSDB) e Pavão Filho (PDT), que devem dar o parecer favorável ou não à mudança nas regras para a eleição de membros da atual Mesa Diretora.

Em entrevista ao ‘Câmara News’, informativo que vai ao ar todas as sextas-feiras pela Rádio Difusora 680 kHz, Marquinhos destacou que sua proposta visa apenas adequar a Lei Orgânica ao novo Regimento da Câmara.

“Não se trata de nenhuma manobra. Minha proposta visa uma adequação da Lei Orgânica ao Regimento Interno da Casa. no dia 21 de dezembro de 2015, após ampla discussão e aprovação, os nobres colegas vereadores comungaram que no art. 16º, § 4ª da Resolução 05/2015, será permitida a recondução de quaisquer membros da Mesa Diretora para o cargo na mesma legislatura. Como o dispositivo estava divergente então resolvi apresentar a proposta para adequar o Regimento à Lei Orgânica”, declarou.

Pelo texto da LOM, é vedada a reeleição de membros da mesa para os mesmos cargos. No entanto, o art. 16º, § 4ª da Resolução 05/2015 diz que não é proibida a reeleição de qualquer dos membros da Mesa para o mesmo cargo na mesma legislatura.

“Desta forma, considerando a alteração que a Resolução Nº 05/2015 promoveu na organização interna da Câmara Municipal de São Luís, faz-se também necessária a alteração da nossa Lei Orgânica em seu artigo 41ª, parágrafo I e artigo 52ª, para que se molde à nova forma de compreensão dos detentores de cargos efetivos na esfera municipal”, justifica o vereador em sua proposta.

Inicialmente, o texto da LOM vedava a recondução ao mesmo cargo na Mesa, mas abria possibilidade para que isso ocorresse em casos de mudança de legislatura. Após os pareceres das comissões prementes, a matéria que prevê reeleição de integrantes da Mesa deve entrar na fila de votação, com chance de ser aprovada ainda este semestre.

Cezar Bombeiro apresenta projeto que cria biblioteca em ônibus

6007359_x720

O Projeto de Lei (PL) 110/2017, que prevê a instalação de bibliotecas no interior de ônibus que integra o sistema municipal de transporte público de São Luís, está em tramitação na Câmara Municipal de São Luís. Por enquanto, a iniciativa de autoria do vereador Cezar Bombeiro (PSD), que pretende tornar a viagem de passageiros de ônibus bem mais agradável, espera parecer da Comissão de Mobilidade Urbana para ser apreciada no plenário Simão Estácio da Silveira.

O autor da proposta afirmou em entrevista ao ‘Câmara News’, informativo que vai ao ar todas as sextas-feiras pela Rádio Difusora 680 kHz, que se inspirou em iniciativas de outras cidades para apresentar a proposta na capital maranhense.

“Essa é uma iniciativa que já existe em outras capitais. Tive a oportunidade de conferir in loco e achei muito interessante. A biblioteca nos ônibus tem como objetivo divulgar o hábito da leitura”, declarou Cezar Bombeiro.

O parlamentar que é líder do PSD na Câmara afirmou ainda que o projeto de sua autoria serve não apenas como forma de incentivar a leitura, mas também seria uma forma de tentar aliviar o estresse do trânsito, pois, segundo ele, as pessoas iria se distrair durante o trajeto com os livros de diversos estilos que seriam oferecidos pela biblioteca.

“É uma proposta que visa oferecer livros de diversos estilos para que as pessoas que usam transporte público passam se distraiam durante o trajeto. Alguém pode achar que não existe espaço para leitura nos ônibus por causa da lotação, mas tem pessoas que se interessam em durante o tempo da viagem pegar um livro para estudar ou se distrair. É uma proposta interessante por que leitura é sempre bom, por isso apresentei o projeto”, concluiu o parlamentar.

ESCUTEC: Roseana segue à frente de Flávio Dino

Compartilhar

Nova pesquisa Escutec de intenções de votos realizada no Maranhão confirma a liderança da ex-governadora Roseana Sarney  (PMDB) na disputa pelo Governo do Estado nas eleições de 2018.

Contratada pela Rádio Difusora AM, a consulta mostra a peemedebista à frente do governador Flávio Dino (PCdoB) em todos os cenários levantados.

No primeiro, Roseana Sarney tem 36,9%, contra 33% de Flávio Dino. Roberto Rocha tem 9,1% e Maura Jorge 5%. Nenhum deles 4,4% e não sabem ou não responderam 11,7%.

No cenário em que é retirado o nome de Roseana Sarney, Flávio Dino venceria com 36%, contra 20,1% de Roberto Rocha. Nesse caso, Maura Jorge aparece com 8,1%. Nenhum deles 18% e não sabem ou não responderam 17%.

No cenário 3 – uma simulação de segundo turno entre Roseana e Flávio Dino – a ex-governadora venceria com 39,4% contra 36% do governador. Nenhum deles representa 11% e não sabem ou não responderam somam 13,6%.

Espontânea

A ex-governadora também leva a melhor sobre Dino na espontânea – quando não são apresentados os nomes dos candidatos.

Nesse cenário, Roseana Sarney aparece com 14,9%, contra 13,3% do governador. Em seguida vêm Roberto Rocha (PSB) com 3,2%, João Alberto com 2,3; Eduardo Braide com 1,9%; Maura Jorge com 0,8%; e Luís Fernando com 0,4%. Ninguém, 1,4%. Não sabem ou não responderam, 59,8%.

A pesquisa Rádio Difusora AM/Escutec ouviu 2020 eleitores entre os dias 5 e 9 de setembro de 2017 em 60 municípios maranhenses.