Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Honorato cobra rigor na aplicação da lei de muros e calçadas em São Luís

HonoratoFernandes

A Lei nº 4.590, de 11 de janeiro de 2006, que disciplina os muros e calçadas, foi um dos assuntos levantados, essa semana na Câmara de São Luís, pelo vereador Honorato Fernandes (PT). O parlamentar defendeu o cumprimento da legislação municipal e pediu rigor na aplicação da lei que penaliza os proprietários de terrenos que, por não possuírem muros, facilitam o despejo de lixo e esconderijo de bandidos na área desprotegida.

“Na grande maioria das vezes, se de um lado tem proprietário que não está fazendo aquilo que é obrigação sua, que é a construção do muro e da calçada; por ouro lado, também, tem certa paralisia para não dizer omissão, por parte do poder público, que não está efetivamente cobrando desses proprietários às medidas cabíveis”, declarou.

Honorato lembrou que o cumprimento da Lei de Muros e Calçadas é uma questão de segurança, pois evitaria que as áreas desprotegidas sirvam de esconderijo para bandidos.

“Todo mundo sabe que minha família foi vitima de violência, pois em frente a minha casa tem um terreno baldio e eu já venho cobrando providências sobre isso a mais de dois anos, para que a Prefeitura possa penaliza o proprietário desse imóvel que teoricamente pertence a uma construtora e teria condições de construir o muro”, afirmou.

Prefeitos de Santa Rita e de Bacabeira visitam presidente do TJMA

O prefeito do município de Santa Rita, Hilton Gonçalo de Sousa, e a chefe do Executivo Municipal de Bacabeira, Fernanda Gonçalo, fizeram visita de cortesia ao presidente do TJMA, desembargador Cleones Cunha.

“Estamos visitando o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cleones, para estreitarmos relações institucionais com o Poder Judiciário”, disse o prefeito de Hilton Gonçalo, em conversa no Gabinete da Presidência nessa terça-feira (15), na presença do diretor do Fórum de São Luís, juiz Sebastião Bonfim, e do juiz coordenador dos Precatórios do TJMA, José Nilo Ribeiro.

O desembargador Cleones Cunha, por sua vez, disse que a visita é um gesto de cordialidade dos dois gestores públicos e facilita o diálogo entre as instituições.

“Não se combate o pecado matando o pecador”, diz Chaguinhas sobre exoneração de Moacir

O vereador Francisco Chaguinhas (PP) deu nesta segunda-feira, uma declaração enigmática, em entrevista à imprensa na qual, se posicionou contrário a saída do professor Moacir Feitosa do cargo de secretário Municipal de Educação.

Para Chaguinhas, o culpado pelo caos no setor não é o secretário, mas o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, que não consegue cumprir com o que disse em campanha e, por este motivo, culpar Moacir seria querer combater o pecado matando o pecador.

“Culpar o professor Moacir pelo caos na educação seria até injusto, pois ele foi secretário em outros governos e desempenhou um excelente papel, comprovando que o problema no setor não é dele. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior é que não consegue cumprir com o que disse em campanha. Por esse motivo, tenho dito que não podemos combater o pecado matando o pecador”, declarou.

Prefeitura de Alcântara recupera pontes na zona rural do município

A prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura, está trabalhando a todo vapor na zona rural para recuperar pontes de madeira. Pensando na mobilidade rural da população e melhorar o tráfego na escoação da produção, o prefeito Anderson Wilker (PCdoB) começou recuperar as pontes de madeira que ligam comunidades à sede do município.

A prefeitura já recuperou duas pontes na comunidade Canelatiua, uma ponte no povoado Cujupe, uma ponte em Cajiba e uma em Itapuaua. Com as intervenções da secretaria de Infraestrutura, centenas de famílias foram beneficiadas, principalmente a comunidade estudantil e classe dos produtores.

Para o prefeito de Alcântara, aos poucos e com muito trabalho a gestão vai colocando o município nos eixos. “Já conseguimos dar uma nova cara na sede do município e agora estamos para a zona rural, trabalhando na recuperação de pontes de madeira estavam praticamente intrafegáveis. Estamos reformando as pontes, vamos recuperar as estadas e colocar iluminação pública nos povoados. Com a recuperação das pontes a trafegabilidade melhora, facilita o transporte escolar e de passageiros, além de facilitar o escoamento da produção local” – destacou Anderson Wilker.

Em sua página na rede social Facebook, o vereador Antônio Rosa reconheceu e parabenizou o trabalho do prefeito Anderson Wilker. “Quero parabenizar o prefeito Anderson Wilker pela iluminação da via de acesso ao Porto do Cujupe, com uma iluminação moderna (Led). Não estamos em busca de méritos, o que fazemos tanto os vereadores quanto o prefeito é trabalhar para o povo que nos honrou com o seu voto” – disse.

Além da sede do município o prefeito Anderson autorizou os serviços de infraestrutura (recuperação de pontes e estradas vicinais) e iluminação pública nas comunidades alcantarenses. O trabalho está em andamento, e vai chegar à todas as comunidades.

Donos de clínica alugada pelo governo têm parente na SES, diz Andrea

Os proprietários da Clínica Eldorado – prédio alugado e pago pela Secretaria de Estado da Saúde desde agosto de 2016, faturando já R$ 990.000,00 dos cofres públicos sem prestar um atendimento -, têm ligação direta de parentesco com a chefe da Assessoria Jurídica Contenciosa da SES, Janyr Carvalho de Araújo. A denúncia foi feita pela deputada Andrea Murad na segunda-feira (14) na Assembleia Legislativa.

A clínica particular, que nunca funcionou e ainda está recebendo uma ampla reforma no valor de R$ 903.165,36, tem em seu quadro de sócios a mãe de Janyr, Ideni Viana de Carvalho, e também a irmã Janaína Araújo de Carvalho, que é juíza auxiliar em São Luís.

“A mesma pessoa que faz os pareceres, que está por dentro de todos os contratos da Secretaria de Saúde também está mais do que por dentro do aluguel escandaloso que a Secretaria de Saúde fez com a clínica da sua mãe. Janyr é uma das chefes do jurídico da SES, irmã da juíza Janaína, uma das sócias da clínica, filhas do desembargador Jaime Araújo e de Ideni Viana de Carvalho, para quem o governo paga quase um milhão de reais durante um ano de aluguel para uma clínica fechada, sem atender um único paciente, e o estado ainda bancando reforma em um prédio particular onde o Governo já gastou mais R$ 903 mil. Ou seja, uma família beneficiada diretamente por um contrato despropositado de favorecimento vergonhoso, com valores injustificados. Esse contrato milionário com a Clínica Eldorado é desonesto, imoral e os pagamentos precisam ser ressarcidos imediatamente aos cofres públicos”, denunciou a deputada Andrea.

Andrea Murad considera “promíscua” a presença de funcionários, que exercem altos cargos no governo, ligados diretamente a empresas contratadas pelo Estado, como é o caso da Clínica Eldorado, num momento de crise financeira admitida pelo próprio governador Flavio Dino em evento na cidade de Caxias.

“E aí eu realmente fico me perguntando por que o Governador Flávio Dino diz que o Estado está falido e que não tem um tostão. E aí nós vamos dizer para ele por que ele quebrou o Estado, por que ele faliu o Estado. São por fatos escandalosos como esse que ele simplesmente acabou e está acabando com o Maranhão. Todos dizendo que Flávio Dino estava dando bom andamento nas contas do Estado, o que não é verdade. Tanto que ele deixa de pagar fornecedores, ele deixa de pagar várias coisas para promover imoralidades na gestão como essa que denunciei hoje”, disse.

Grávida perde controle de veículo e sofre grave acidente na Via Expressa

Acidente na Via Expressa Joãozinho Trinta, em São Luís (Foto: Alessandra Rodrigues)

Uma mulher identificada como Diulinda Pavão Costa, de 41 anos, perdeu o controle de um veículo e caiu em uma ribanceira, de aproximadamente 20m, às margens da Via Expressa Joãozinho Trinta, em São Luís, no início da tarde desta terça-feira (15). As informações confirmadas pela Polícia Militar dão conta de que a vítima está grávida de sete meses. Ela foi levada para um hospital da cidade por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Os primeiros atendimentos à vítima foram feitos por pessoas que moram às margens da Via Expressa. Em seguida, o Corpo de Bombeiros iniciou o procedimento técnico e aguardou a chegada de uma ambulância do Samu para levar a mulher ao hospital.

Diulinda Costa é morada do Turu e seguia, por volta das 12h30, no sentido Jaracati – Ipase, de acordo com testemunhas. Moradores das proximidades do acidente disseram que o condutor de um veículo à frente do de Diulinda fez algum sinal como se pedisse redução de velocidade, quando ela perdeu o controle do automóvel. Todos os detalhes do acidente ainda estão sendo levantados pela polícia.

Umbelino Júnior diz que funcionários fizeram “vaquinha” para ampliar Hospital da Mulher

O vereador Umbelino Junior (PPS/foto) usou nesta segunda-feira, 14, a tribuna da Câmara Municipal de São Luís para criticar a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) na área da saúde. Segundo o parlamentar, o Hospital Clementino Moura, o Socorrão II, na Cidade Operária, está em estado lastimável.

“Por lá a coisa não está feia só nos corredores, que possuem pacientes em macas, mas sim, na falta de insumos básicos como gazes e demais medicamentos que não existem na unidade. Estive visitando o local e já detectamos muitas irregularidades e ainda vem muita coisa pela frente”, disse o vereador.

Umbelino, que preside a Comissão de Saúde do Legislativo, voltou a reafirmar sua proposta de pautar o seu mandato focado na área da saúde da capital maranhense. “Aqui serei o vereador da saúde do povo de São Luís. Quero dizer que aqui serei o advogado, não só de profissão, mas também do povo na saúde”, frisou.

Na oportunidade, o integrante popular-socialista na Casa informou que no Hospital da Mulher, que funciona na área Itaqui-Bacanga, a coisa só não está pior porque os próprios funcionários da unidade estão fazer “vaquinha” para consertar e ampliar espaços que deveriam ser feitos pelo poder público.

“No Hospital da Mulher foi feito um puxadinho em regime de mutirão pelos próprios funcionários, o que era para ser papel da Prefeitura”, enfatizou.

Ao final do seu discurso, o parlamentar afirmou que está presente na Câmara para fazer o que deve ser feito em prol da população da cidade. “Estou aqui para contribuir e fazer a minha parte”, garantiu.

Família é vítima de assalto em residência

Uma família foi vítima de um assalto neste final de semana no Maranhão. Os integrantes da família foram amarrados enquanto os bandidos assaltavam a sua residência situada no bairro Jota Lima, em São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís.

Segundo informações da Polícia Civil, bandidos armados simularam a falta de energia elétrica, renderam os moradores da casa e levaram objetos pessoais e dinheiro das vítimas que moram no local.

As vítimas dos criminosos que agem no bairro Jota Lima tem medo de falar sobre o aumento da violência. Um morador que prefere não se identificar revela que são muitos os assaltos na região. “São inúmeros assaltos todos os dias, principalmente, neste perímetro de passagem. Ninguém pode trafegar. Pais de família vão para o seu trabalho e não tem hora”

A Polícia Civil já recomendou uma perícia na residência onde os bandidos agiram durante a madrugada de domingo (13). O relatório será encaminhado do Plantão Central para a Delegacia do bairro Maiobão, na capital, para a instauração de inquérito.

Marquinhos diz ser “vergonhoso” para Edivaldo chegar ao oitavo mês com escolas sem aulas

O vereador Antônio Marcos Silva, o Marquinhos (DEM), voltou a criticar duramente a inabilidade e a insensatez do secretário Moacir Feitosa no trato com a educação pública na capital. Para o parlamentar, o titular da Semed se mostra intransigente em não sentar para negociar com os professores da rede municipal de ensino que já estão há 14 dias em greve geral, deixando milhares de crianças sem aula.

“Quero pedir ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) para exonerar o secretário de Educação (Moacir Feitosa) de nosso município. É inadmissível e vergonhoso para esta cidade, para esta Câmara e para o prefeito, permitir que no oitavo mês deste ano ainda tenhamos escolas que ainda não iniciariam as aulas”, declarou.

O líder do DEM na Câmara de São Luís implorou para que o gestor municipal pedetista faça alguma coisa para resolver essa problemática. “Não podemos continuar calados e com esse descaso com o nosso município. São gerações de crianças que estão sendo prejudicadas e a marginalidade é quem vai dar no futuro, aquilo que a gestão municipal não vai dar. Que o prefeito pense nos seus dois filhos e reflita no que está aí na área da educação”, frisou.

Deputado propõe isenção de água e luz para escolas comunitárias

Adriano Sarney quer isenção de água e luz para escolas comunitárias

Projeto de Lei nº 176/2017, de autoria do deputado estadual Adriano Sarney (PV), visa beneficiar escolas comunitárias com isenção de pagamento das contas de água e energia elétrica. A proposta tramita na Assembleia Legislativa e está sob apreciação das comissões técnicas.

“As escolas comunitárias são muito importantes para a sociedade, pois muitas vezes suprem uma deficiência do poder público, que por lei tem obrigação de oferecer educação de qualidade. Entretanto, as escolas comunitárias têm dificuldade para se manterem funcionando, o que se agrava mais ainda nesse momento de crise que o país passa, e um dos custos altos é em relação às contas de água e luz”, justificou o parlamentar.

De acordo com o projeto de lei, para terem direito à isenção das contas de água e de luz, as escolas comunitárias terão de apresentar Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), além de certidões que comprovem a regularidade da instituição perante a União, Estado e Município, bem como escritura comprovando a titularidade da propriedade, contrato de locação ou comodato, todos devidamente registrados.