Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Filha de ex-prefeito é aposta do PMB à Câmara de Bacabeira

0686b82d-3827-4740-adf5-c38748fb619a

Kellyane Calvet é pré-candidata do PMB à Câmara de Bacabeira. (Foto/Arquivo Pessoal)

A administradora Kellyane Calvet, de 33 anos, filha do ex-prefeito de Bacabeira, José Reinaldo Calvet (PV), revela que pretende ingressar na vida pública a partir deste ano, quando concluir o curso de MBA em Gestão de Pessoas pela Faculdade Laboro, de São Luís. Ela diz se espelhar no pai, o qual classifica de “honesto, íntegro e trabalhador”. A administradora que é especialista em Administração Estratégica será a aposta feminina do Partido da Mulher Brasileira (PMB) de Bacabeira à Câmara de Vereadores.

—  Como mulher, filha, mãe, brasileira e bacabereinse eu sempre acompanhei a luta do meu pai em prol do povo de Bacabeira desde a emancipação do município. Tenho orgulho dele, por ser um homem honesto, íntegro e trabalhador. Eu tenho nele a inspiração necessária para ingressar na vida pública, pois ele é um dos principais incentivadores desse projeto —  declarou ela num bate-papo com o editor do blog.

Filiada ao partido desde o inicio deste do ano, Kellyane pretende se candidatar a vereadora nas eleições de outubro próximo visando uma das onze cadeiras do parlamento bacabeirense. No próximo ano, a Câmara vai sair das atuais 09 para 11 vagas depois de aprovação de projeto de resolução aprovada na Casa no ano passado. Caso seja eleita, o objetivo dela será turbinar a eficácia de projetos por meio do Legislativo com foco na área de transparência, educação, saúde e segurança.

— O povo bacabereinse clama por justiça, transparência e lealdade. São vários os problemas que afetam o município, problemas estes que são direitos básicos fundamentais de qualquer cidadão, tais como: saúde, educação, segurança, etc. Pretendo fortificar minha candidatura para lutar pelo bem estar social, moral, profissional e política, bem como a integração da sociedade, visando alcançar por meio de medidas econômicas, sociais e políticas, o desenvolvimento da cidade — disse.

Kellyane nasceu em São Luís. É filha de José Reinaldo Calvet com a senhora Ivonete Costa Cunha. Tem mais quatro irmãos paternos: Calvet Neto, Reinaldo Júnior, Oyana e Yago. O pai Calvet é casado hoje com a médica veterinária Olga Calvet (PMB).

Kellyane diz que tem no pai a inspiração necessária para ingressar na politica

Kellyane diz que tem no pai a inspiração necessária para ingressar na politica. (Foto/Arquivo Pessoal)

Iniciante no meio político, Kellyane conta que a experiência será “completamente nova”. Mesmo assim, a administradora demonstra empolgação com o novo desafio. A ideia da futura candidata é tirar do papel projetos direcionados para a área da capacitação e, principalmente, para os jovens.

— Hoje eu percebo um cenário de total descrença política, pois há 12 anos Bacabeira está abandonada pelo poder Executivo e Legislativo Municipal. A Câmara pode me ajudar a fazer um serviço mais direcionado, principalmente, para os jovens que hoje muitos estão sem foco e sem orientação profissional — analisa a especialista em Administração Estratégica.

QUEM É ELA?

Conheça a pré-candidata a vereadora:

- Kellyane Calvet de Oliveira, administradora, tem 33 anos. Nascida em São Luís, no dia 24 de fevereiro de 1983, é filiada ao PMB. Especialista em Administração Estratégica, ela é casada, mãe e está concluindo o curso de MBA em Gestão de Pessoas.

CNJ suspende licitação de R$ 35 milhões do TJ-MA

cnj

O conselheiro Fernando Cesar Baptista de Mattos, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), suspendeu ontem (28), liminarmente, uma licitação de R$ 35,3 milhões que seria realizada na própria quinta-feira pelo Tribunal de Justiça (TJ) do Maranhão para contratar empresa de engenharia para proceder à reforma de prédio do Judiciário maranhense.

O caso chegou ao CNJ por meio de um Procedimento de Controle Administrativo (PCA) proposto pelo advogado Felipe Ramos de Sousa. Ele alega que o modelo adotado para o certame, o pregão eletrônico, é ilegal para o tipo de objeto contratado – o ideal, defende, seria concorrência pública – e que há omissão editalícia.

Na decisão, o conselheiro não chegou a analisar o mérito da questão, mas decidiu suspender liminarmente a licitação – proibindo o TJ de formalizar a ata de registro de preços com os vencedores do certame.

“Somente após a análise detida dos documentos acostados aos autos eletrônicos e das informações do TJMA, procedimento este incompatível com a tutela de urgência, será possível aferir as ilegalidades suscitadas”, despachou.

Segundo ele, a decisão foi tomada porque o questionamento ao processo licitatório ocorreu na terça-feira (26), apenas dois dias antes da data marcada para a abertura das propostas, e por tratar-se de licitação de vultosa quantia.

“Não obstante a ausência de pressupostos para o deferimento da medida liminar, entendo ser prudente determinar ao TJMA que se abstenha de formalizar a Ata de Registro de Preços até ulterior deliberação deste Conselho. Esta solução é pertinente em razão do vultoso valor estimado para a licitação (R$ 35.334.772,85) e da possível ocorrência de danos irreparáveis ou de difícil reparação aos cofres públicos”, concluiu.

Baixe aqui a íntegra da decisão.

Duplo homicídio é registrado em Santa Rita

Um duplo homicídio foi registrado em Santa Rita, a 68 km de São Luís, na noite desta quinta-feira (28). Davi Rosa Ribeiro, de 34 anos, e Antônio Dias Cardoso, de 32 anos, que eram cunhados, morreram atingidos por vários tiros. Segundo primeiros levantamentos feitos pela polícia, o homicídio foi motivado por uma desavença entre as vítimas e um vizinho, identificado apenas como Raimundo.

As investigações policiais dão conta que, na quarta-feira (27), em uma brincadeira, uma das vítimas teria direcionado a luz de uma lanterna no rosto de Raimundo, iniciando um atrito. Na noite do dia seguinte, por volta das 19h55, Antônio Dias e Davi Rosa estavam bebendo e ouvindo som alto na rua quando o Raimundo se aproximou e pediu que o volume fosse diminuído.

Ignorando o pedido, as vítimas teriam feito gestos obscenos direcionados à esposa de Raimundo, que também estava na rua. O suspeito voltou para casa, pegou um revólver calibre 38 e disparou vários tiros contra Antônio Dias e Davi Rosa, que não resistiram aos ferimentos. Raimundo e a esposa, identificada apenas como Poliana, fugiram do local.

O duplo homicídio foi confirmado pelo responsável pelo caso, o delegado Ednaldo Santos. Segundo Ednaldo, a autoria do crime está praticamente confirmada, uma vez que Raimundo se evadiu do local. “A autoria do crime robustece uma vez que o Raimundo fugiu do local junto da esposa. Vamos retomar as investigações realizando oitivas com todos os moradores, vizinhos e parentes para que as motivações do crime sejam elucidadas. Nosso objetivo é qualificar o suspeito e descobrir seu paradeiro para que representemos pela sua prisão”, declarou Ednaldo Santos.

O suspeito, natural do Ceará, estava na cidade há dois meses e trabalhava como vendedor ambulante.

Os corpos de Davi Rosa Ribeiro e Antônio Dias Cardoso foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), em São Luís e já foram liberados. Davi Rosa deixa cinco filhos e Antônio Dias, duas filhas.

Enfermeiro do Maranhão recebe homenagem da ONU

Um enfermeiro de Pedreiras (MA) – cidade localizada a 276 km de São Luís, na região central do Maranhão – tornou-se o primeiro maranhense a ser reconhecido nessa quinta-feira (28) como membro humanitário da Organização das Nações Unidas (ONU). No dia em que a cidade completou 96 anos, a sessão solene realizada na Câmara Municipal homenageou além de artistas e empresários, agora um dos filhos mais que ilutres da terra de João do Vale – grande cantor e compositor, considerado o ‘Maranhense do Século XX’ –: o enfermeiro Dacio Alves Viana.

Dacio Alves Viana ganhou filiação de Forças Internacionais da Paz

Dacio desenvolve um trabalho social e presta assistência em saúde a comunidades carentes do município de Belágua (MA), a 259 km de Pedreiras. Tudo começou em maio de 2015, durante uma visita a uma comunidade carente da cidade de Belágua. O que o enfermeiro não sabia é que um simples gesto mudaria a vida dele e de uma família inteira.

“Para a família, não tinha mais esperança. Mas quando a gente confia no profissional que a gente é, a gente sempre vê uma esperança. Nós fizemos todos os procedimentos corretos de reanimação da bebê, e agora quando eu voltei há um ano eu fiquei tão feliz que, realmente, é uma felicidade que não tem como descrever”, conta o enfermeiro.

Depois de um ano, Dacio e a bebê Josefa se reencontraram, e toda esta historia foi parar nas redes sociais. A ONU tomou conhecimento e o jovem é o primeiro maranhense a receber a medalha Tiradentes e a credencial de membro humanitário da ONU.

“Esse trabalho dele chama atenção das Forças Internacionais da Paz que, nesta data, vem trazer para ele uma medalha e filiando ele à ONU. A partir desta data, ele se torna filiado das Forças Internacionais da Paz”, diz Albertino Pereira, agente especial da ONU.

O trabalho social desenvolvido pelo enfermeiro e alguns outros voluntários ganhou também o reconhecimento da comunidade. “É um exemplo. É uma pessoa daqui, que tem um trabalho todo voltado na área de enfermagem,cuidando de vidas”, revela o diretor-geral do Instituto Federal do Maranhão(IFMA) de Pedreiras, Gedeon Reis.

“Preservar o Campo de Perizes é cuidar do pulmão de São Luís”, diz Chaguinhas

image

O vereador Francisco Chaguinhas, líder do PP na Câmara Municipal de São Luís (CMSL), disse na tarde desta quarta-feira (27), durante audiência pública promovida pela Seccional Maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, para tratar da desapropriação de 1.504 hectares de terras nos Campos de Perizes, que entregar a área para instalação de empreendimentos também pode provocar prejuízos à capital maranhense.

Ao falar sobre o assunto, o parlamentar ludovicense lembrou que a luta pela não desapropriação do Campo de Perizes era uma batalha para preservar uma parte do pulmão das cidades Bacabeira, Rosário e São Luís.

— Nós observamos que preservar o Campo de Perizes nada mais que do que cuidar de uma parte do pulmão das cidades Bacabeira, Rosário e São Luís— declarou.

Além do vereador de São Luís, participaram da audiência representantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB, membros da Defensoria Pública, Pastoral da Terra, da Assembleia Legislativa, da Câmara Municipal de Rosário, da Prefeitura de Bacabeira e do Governo do Estado.

“Fiz o alerta há um ano”, afirma Fábio Câmara sobre risco de caos na saúde

13087619_888792441243005_5359371207802484201_n

Blog do Marco D’Eça

O líder do PMDB na Câmara Municipal de São Luís, vereador Fábio Câmara, lembrou em comentário nas redes sociais na manhã desta quinta-feira, 28, que ainda em 2015, já alertava sobre o risco de caos no setor de Saúde no Maranhão e em São Luís.

O parlamentar lembrou que a prova do alerta foi feita ontem pelo próprio Facebook, que relembrou em perfis de alguns seguidores que compartilharam a sua publicação, a postagem antiga publicada em sua FanPage na mesma data, só que no ano anterior.

– Dessa forma, os usuários tiveram como constatar que apesar do alerta, nada foi feito para evitar o caos no setor – declarou Câmara em mensagem nas redes sociais.

Veja abaixo a lembrança o que Câmara escreveu há um ano:

saude

Fufuca e Wellington confirmam comando do PP

No mesmo dia em que a Justiça negou ao deputado federal Waldir Maranhão liminar por meio da qual ele pretendia retomar o comando do PP no estado, a Justiça Eleitoral confirmou que o deputado estadual Wellington do Curso será o presidente da legenda em São Luís.

Fufuca e Wellington com senador Ciro Nogueira: comando do PP garantido

Fufuca e Wellington com senador Ciro Nogueira: comando do PP garantido

André Fufuca, que já está no comando do regional, e Wellington, vencem portanto, a batalha contra Waldir, que se perdeu ao negociar com o governador Flávio Dino o voto a favor de Dilma no Impeachment.

O caminho de Maranhão deve ser a saída da legenda.

PRP ganha força após filiações e fortalece Severino Sales na briga por vice

Severino-Sales-da-dir.-à-esq.-ao-lado-dos-membros-do-partido-e-do-prefeito-Edivaldo-Holanda-Jr.-e1461846997348

O Partido Republicano Progressista (PRP) do Maranhão resolveu entrar na briga pela indicação do candidato a vice na chapa do prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PDT).

Com o fim do prazo para que os partidos políticos enviassem, pela internet, as relações atualizadas de seus filiados à Justiça Eleitoral, o PRP ganhou musculatura na capital maranhense e agora não abre mão de tentar emplacar um nome forte da sigla para compor a chapa majoritária.

A legenda já iniciou as discussões internas para buscar um nome que possa unir forças com Edivaldo Júnior. Citado por lideranças do partido como um dos prováveis escolhidos, o secretário de Relações Parlamentares de São Luís, Severino Sales, presidente estadual do partido, acredita que é mais cômodo, para ele, correr atrás de uma coligação que consiga eleger três ou mais vereadores do partido, mas diz que aceitaria o desafio se houvesse entendimento.

O nome de Severino é falado com simpatia pelos correligionários do prefeito e pelos ex-colegas de Câmara, que fazem parte da base de sustentação do governo. Nos últimos dias, ele conseguiu ganhar mais força ainda depois que filiou em seu partido lideranças politicas com forte atuação na capital maranhense, se fortalecendo na briga pela vice.

Se quiser pleitear a vaga, o dirigente estadual do PRP poderia contar, inclusive, com apoio dos dois vereadores do partido: José Raimundo Alves Sena, o Nato, e Sebastião Albuquerque. O primeiro tem forte atuação no Bom Jesus, Coroadinho e região. O segundo com penetração nas comunidades periféricas da capital com trabalhos, principalmente, na área de saúde.

Além dos dois parlamentares, a indicação de Severino para compor chapa com Edivaldo, poderia contar também com o apoio do ex-deputado Afonso Manoel, pré-candidato a vereador pela legenda, que atua fortemente nas comunidades católicas da capital. Outro que é simpático à ideia também, é o deputado estadual Max Barros.

“Quem não gosta de política é governado por quem gosta”, diz presidente do TRE

lourival serejo

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), desembargador Lourival Serejo, fez ontem (27) uma espécie de alerta aos jovens durante uma palestra a alunos do 2º e 3º ano do Centro de Ensino Professor Barjonas Lobão – quando lançou a versão 2016 do projeto Voto Jovem na Escola, realizado em parceria com a Secretaria Estadual de Educação.

Parafraseando o Frei Betto, avisou: “quem não gosta de política é governado por quem gosta. Se a maioria não gosta, ela acaba sendo governada pela minoria”.

Por isso, pediu aos jovens que se envolvam nos debates políticos e denunciem qualquer tipo de corrupção, como a compra de votos.

Durante a palestra Serejo contou que, na sua juventude, não havia liberdade de expressão. Por isso diz considerar muito importante manter a democracia vigente. “A arma mais poderosa que temos é o voto”, pontuou.

A realização do lançamento do projeto Voto Jovem na Escola no Barjonas Lobão contou com o apoio do secretário Felipe Camarão (Educação), no ato representado pelo secretário-adjunto Fábio Rondon (Programas e Projetos Especiais) e dos gestores Conceição de Maria Simeão Ramos, Valderlândio de Araújo Pontes e Veridiana dos Santos Pinheiro de Sá.

Em 2016, o Voto Jovem na Escola, coordenado pela Comissão de Responsabilidade Social do TRE-MA, em parceria com a Escola Judiciária Eleitoral, completa 6 anos de projeto, tendo alcançado mais de 15 mil estudantes que participam de palestras, concursos de redação e treinamento em urnas eletrônicas.

Justiça nega liminar a Waldir Maranhão e mantém Fufuca no comando do PP

waldir

A juíza Cristiana Ferraz Leite, da 14ª Vara Cível de São Luís, indeferiu hoje (28) liminar pleiteada pelo deputado federal Waldir Maranhão e negou-lhe o pedido para retornar ao comando do Diretório Estado do PP.

Maranhão perdeu o controle do partido depois de mudar de voto em relação ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). O atual presidente estadual é o também deputado federal André Fufuca.

Na sua decisão, a magistrada derrubou todos os argumentos do parlamentar.

“Analisando os documentos carreados à inicial, não vislumbro elementos suficientes que evidenciem a probabilidade do direito e o perigo de dano ou o risco ao resultado útil do processo, consoante determina o art. 300 do Novo Código de Processo Civil. […] Num juízo de cognição sumária, o órgão partidário do qual emanou a resolução impugnada tem competência e legitimação para aplicar, liminar e excepcionalmente, as penas previstas no art. 69, quais sejam, a advertência, a intervenção e a dissolução, hipótese em que será designada comissão provisória, na forma e duração prevista no art. 124”, argumentou.

Segundo ela, o fato de que a comissão antes presidida por Waldir Maranhão ainda estava vigente não é impeditivo para a sua dissolução.

“Embora a Resolução nº 05/2016 – CEN houvesse prorrogado o mandato da então Comissão Executiva Regional, na qual o demandante funcionava como Presidente, não há qualquer impedimento regulamentar à sua dissolução, com contraditório diferido, até porque existe previsão de recurso de ofício, sem efeito suspensivo, para o Diretório respectivo, a fim de averiguar o cabimento da penalidade aplicada”, avaliou.

Ainda de acordo com a juíza, a nova comissão nomeada pela direção nacional é legítima.

“Também não prospera o argumento de que foi designada provisoriamente ‘comissão alheia a todo o processo de filiação partidária do Maranhão’, pois é sabido que o presidente e o secretário-geral designados são vinculados ao PP do Maranhão. E ainda que o fosse na sua integralidade, não se extrai qualquer limitação nesse sentido no seio da norma estatutária. […] Isso posto, em juízo perfunctório da demanda, indefiro o pedido de tutela de urgência pretendido pelo autor”, completou.