Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

PV vai sabatinar pré-candidatos a prefeito de São Luís

O presidente do PV de São Luís, deputado estadual Adriano Sarney, anunciou nesta segunda-feira (27), na tribuna da Assembleia Legislativa, que o partido vai sabatinar os pré-candidatos à Prefeitura de São Luís. O objetivo é discutir propostas de governo e debater uma pauta de ações ambientais. A sabatina deverá ocorrer na próxima semana.

“Vamos convidar todos os pré-candidatos. A deputada Eliziane Gama (PPS), o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), os deputados Eduardo Braide (PMN), Wellington do Curso (PP), Bira do Pindaré (PSB), o vereador Fábio Câmara (PMDB), a vereadora Rose Sales (PMB), o doutor João Bentivi (PHS), Zeluís Lago (PPL), Valdeny Barros (PSOL), enfim, todos os pré-candidatos, porque nós queremos discutir o meio ambiente da Ilha”, afirmou Adriano.

O parlamentar informou que a sabatina ocorrerá em um dos auditórios da Assembleia Legislativa (local e data a definir precisamente) e informou que será um debate organizado, no qual será ouvida a direção de cada partido, discutindo as principais questões, sendo a maioria e/ou preferivelmente, voltadas ao meio ambiente.

“Vamos discutir a poluição dos rios, a coleta de lixo, a arborização da cidade, entre outros assuntos. Queremos ouvir dos pré-candidatos os seus planos para a área ambiental e também debater outras questões. Nós vamos, ainda, apresentar as propostas do Partido Verde para os pré-candidatos. Isso é uma atitude inovadora do PV de São Luís e será uma oportunidade para o partido definir apoio a um dos pré-candidatos”, explicou Adriano Sarney.

MP realiza apreensão em casa de ex-prefeito de Governador Edison Lobão

O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) realizou uma operação de busca e apreensão na residência Lourêncio da Silva Moraes, ex-prefeito do município de Governador Edison Lobão, a 730 km de São Luís. A operação que contou com o apoio da Polícia Civil do Maranhão também realizou buscas na casa de Raimundo Nonato, proprietário da empresa Soares e Cruz LDTA.

Segundo o MP, eles estão sendo investigados pela a suspeita de desvio de dinheiro público durante o mandato de Lourêncio da Silva, que ocorreu no período de 2009 a 2012. Conforme a investigação, o desvio de recursos públicos chega a mais de cinco milhões de reais.

De acordo com o órgão ministerial, as investigações tiveram início no ano de 2013 quando foi detectado que empresa Soares e Cruz constava como vencedora de grande parte das licitações em Governador Edison Lobão sem ao menos ter passado pela a comprovação do processo licitatório.

Além disso, o MP afirma que o surgimento da empresa Soares e Cruz só aconteceu depois do início da gestão do prefeito Lourêncio da Silva e que ela atendia prestações de serviços e fornecimentos de materiais diversificados.

Todos os materiais apreendidos nas residências de Lourêncio da Silva Moraes e Raimundo Nonato serão analisados e após o resultado o MP solicitará a responsabilização cível e criminal dos atuais investigados.

Bombeiro é morto em tentativa de assalto

Um bombeiro militar foi morto após ser baleado ao reagir a um assalto na noite desse domingo (26) em São Luís (MA). Arthur Gustavo Dourado da Silva chegava a sua residência, no bairro da Cohama, quando viu suspeitos próximos a um matagal. Ao chamar o vigia da rua, os suspeitos saíram do local atirando. O bombeiro foi alvejado na cabeça.

O soldado do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBM-MA) chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho de um hospital particular. Dourado, era lotado no grupamento marítimo do CBM-MA e ingressou na corporação em 2013.

Em nota, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informou que está investigando o caso e até agora os suspeitos ainda não foram presos.

Pacientes denunciam venda de senhas para consultas em São Luís

Os pacientes que precisam marcar consultas e exames no Centro de Especialidades Médicas do bairro Vila Luizão, em São Luís, estão passando a noite na fila para conseguir os serviços oferecidos no local. Eles denunciam a venda de senhas que são entregues apenas uma vez por mês.

Pelo menos é o que afirma o servidor público identificado como Mauro. Ele diz que mesmo depois de ter passado a noite esperando o Centro abrir não conseguiu atendimento porque algumas pessoas, ainda não identificadas, venderam senhas para outros pacientes que chegaram no local depois dele.

“Eu cheguei meia-noite e tinha aproximadamente 80 pessoas e às sete e meia da manhã ao distribuírem 250 senhas eu não sou alcançado. O que aconteceu? Quantas pessoas entraram na minha frente? Existe sim. É fato. Pessoas que pegam senhas para vender para outros que chegam mais tarde”, revelou o servidor público.

Outra reclamação dos pacientes que procuram o Centro de Especialidades Médicas é que as senhas não garantem que a consulta ou o exame serão marcados no mesmo dia.

O gerente comercial Girlan Aguiar afirma que não existe prioridade entre os grupos e que todos ocupam uma mesma fila na hora de serem atendidos. “Primeiro que não tem prioridade para ninguém. Nem para idoso, nem para gestante. As pessoas não sabem a sua vez na fila. É uma fila só para todo mundo e até agora a gente está esperando uma senha e não sabe se vai pegar essa senha. Já são oito horas e a gente nem sabe se vai pegar essa fila”, desabafou.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que o Centro de Especialidades Médicas da Vila Luizão, nesta segunda-feira (27) distribuiu 1.200 senhas para agendamento de consultas para marcação entre as 10 especialidades disponíveis na unidade e que todos os que estavam na fila foram atendidos.

Pesquisa Escutec contratada pelo PMDB não é divulgada em Rosário

No último dia 11 de abril, o Instituto Escutec protocolou junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), sob o nº MA-00861/2016, os dados referentes a uma pesquisa eleitoral para a prefeitura de Rosário, contratada pelo PMDB, partido da prefeita Irlahi Linhares e registrada no sistema de registro de pesquisa do TRE.

foto01

Surpreendentemente, o levantamento realizado entre os dias 08 e 10 daquele mês, com 400 eleitores, não foi divulgado na data prevista de 17 de abril. Pior: nenhuma nota foi dada sobre o assunto. Diante deste cenário, que frustrou os rosarienses que acompanham o dia a dia da política e do processo eleitoral, foram várias as especulações nas redes sociais e nas rodas políticas. O comentário era um só: por que o partido de Irlahi não divulgou a pesquisa?

foto02

A sondagem testou quatro cenários com cinco nomes de políticos que já manifestaram, em algum momento, desejo de concorrer às eleições do próximo ano: Irlahi Linhares (PMDB) (candidata à reeleição); do superintendente Regional de Articulação Política, Calvet Filho (PSDB); da ex-vereadora Graça Botentuit (PV); da ex-presidente do Sismurb, Rosa do Sindicato (PT); e o ex-vereador Willame Anceles (PCdoB).

foto03

Ao não divulgar a pesquisa Escutec, a despeito da importância política dessa eleição de Rosário, o grupo que atualmente comanda o Palácio Ivar Saldanha, sede do Poder Executivo municipal, provocou uma série de questionamentos na cidade. Afinal, será que o resultado da sondagem foi tão ruim assim para não ser divulgado?

O que causa ainda mais estranheza é que depois do levantamento não divulgado, o pré-candidato Calvet Filho virou alvo dos ataques de aliados da prefeita Irlahi nas redes sociais, dando a entender que o jovem politico, é um dos concorrentes que representa uma ameaça direta ao grupo a prefeitura rosariense.

Rombo em fundo de pensão da Petrobrás chega a R$ 22,6 bi em 2015

O fundo de pensão dos trabalhadores da Petrobrás, a Petros, registrou em 2015 um déficit acumulado em R$ 23,1 bilhões em três planos de previdência. Os resultados foram apresentados nesta quinta-feira, 23, aos conselheiros do fundo. Este é o terceiro ano consecutivo de perdas na Petros, o que exigirá um aporte adicional de R$ 8 bilhões da Petrobrás para equacionar o rombo de um dos planos em até 18 anos. Também os pensionistas e participantes da ativa deverão fazer novas contribuições já a partir do próximo ano.

De acordo com fontes ouvidas pelo Broadcast, serviço de informação em tempo real da Agência Estado, o balanço da Petros foi aprovado com diversas ressalvas pela auditoria independente PriceWaterhouse & Coopers (PwC). O “extenso” relatório traz ainda observações sobre o resultado de investimentos do fundo, um dos itens mais questionados pelos conselheiros.

A maior parte do déficit é referente ao Plano Petros do Sistema Petrobrás (PPSP), o principal plano de trabalhadores da estatal, com R$ 22,6 bilhões acumulado até dezembro. Em 2014, as perdas do PPSP ficaram na faixa de R$ 6,2 bilhões e em 2013, R$ 2,8 bilhões. O déficit acumulado representa 27% do volume de recursos necessários para o pagamento de todos os benefícios aos mais de 76 mil integrantes do plano.

Em fato relevante, a Petrobrás confirmou “situação deficitária” do plano e necessidade de novas contribuições para que o plano volte ao limite de déficit permitido – R$ 6,5 bilhões, de acordo com a estatal. O rombo excedente a esse limite, R$ 16,1 bilhão, será coberto igualmente entre a petroleira e os participantes, ativos e inativos, ao longo dos próximos 18 anos.

“O PPSP está sujeito a riscos previdenciários, atuariais e de oscilações de variáveis de mercado. Assim, esse plano pode apresentar insuficiências financeiras ao longo de sua existência”, informou a Petrobrás. “As contribuições adicionais para equacionamento do déficit serão refletidas nas demonstrações contábeis, à medida que forem efetivamente realizadas”, completa o comunicado.

Os detalhes da repactuação serão definidos em até 60 dias após a aprovação do balanço anual da Petros, previsto para julho. Em nota, a fundação informou que o modelo “será amplamente discutido entre a patrocinadora, os representantes dos participantes e a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc)”, órgão que regulamenta o setor.

Nos últimos 12 anos, os relatórios financeiros da Petros são reprovados pelo Conselho Fiscal, que critica a gestão do patrimônio e os investimentos de risco, como a Sete Brasil, criada para construir e fornecer sondas de perfuração para a Petrobrás. A empresa está em recuperação judicial com dívidas superiores a R$ 18 bilhões. O investimento da Petros na empresa foi de R$ 1,4 bilhão.

Na última semana, a Petros já havia comunicado aos participantes do PPSP que haveria necessidade de cobranças adicionais “para assegurar o equilíbrio financeiro do plano”. No documento, o fundo apresenta como razão para o déficit mudanças no perfil das famílias dos beneficiários – conforme antecipou o Estado em janeiro. O fundo cita também fatores “conjunturais”, como o “impacto negativo do cenário econômico do país sobre a rentabilidade dos investimentos”.

Vereadora Eidimar Gomes pede unidade do Viva na área do Itaqui-Bacanga

A vereadora Eidimar Gomes (PSDB) apresentou,  na Câmara Municipal de São Luís, uma indicação solicitando ao governador Flávio Dino a implantação de uma unidade do Viva, no eixo do Itaqui- Banga, em São Luís.

De acordo com o documento, o posto do Viva garante a expansão e descentralização do órgão, com mais qualidade, conforto, segurança e acessibilidade para os moradores.

— Solicitei ao governador Flávio Dino a instalação de uma unidade Viva, para  atender o cidadão da área do Itaqui-Bacanga com mais comodidade e qualidade, e assim utilizar os serviços oferecidos pelo órgão — defendeu Eidimar Gomes.

O Eixo do Itaqui é uma região imensa que começa na Barragem do Bacanga, passa pelo Porto do Itaqui e vai até Pedrinhas. Composta por 60 bairros, uma população de mais de 200 mil habitantes , reúne todas as condições para sediar uma unidade do Viva.

Para a parlamentar tucana,  o Viva, deve garantir a população serviços como, a emissão de carteira de identidade e de trabalho, serviços que darão acesso a diretos básicos, dentre outros.

Prefeitura anuncia programação do São João em Bacabeira

A prefeitura de Bacabeira, por meio da Secretaria Municipal de Lazer, Esporte e Cultura, realiza, nesta sexta-feira (24), a abertura oficial do São João 2016 da cidade. O evento, acontece de 24 de junho a 02 de julho, no Arraial do Povão, na sede do município e contará com uma superestrutura de som, palco e iluminação.

No calendário das atividades musicais, a banda Xé Pop e Bruno Shinoda estão reservados para o dia 24 de junho, a banda Paixão Retrô para o dia 25 de junho, Weslley Dantas, para o dia 1º de julho, e Romim Mata e Stanley Caio, para o dia 2 de julho.

Segundo a secretária de Esporte, Cultura e Lazer, Patrícia Linhares, a programação contempla, ainda, grupos folclóricos locais e tradicionais do estado.

“Claro que não poderíamos deixar de fora as apresentações juninas, os grupos folclóricos da cidade e região. Destaques para o Boi de Morros, Boi Mocidade Alegre de Itapecuru, Boi de Penalva, Boi de Pérolas dos Lençóis de Barreirinhas, entre outras atrações, que, eu tenho certeza, vão abrilhantar o nosso São João”, afirmou.

Operação prende ex-prefeito de Turilândia por ligação com esquema de agiotagem

Foram presos na manhã desta sexta-feira, 24, Domingos Sávio Fonseca Silva (ex-prefeito de Turilândia, conhecido como Domingos Curió) e sua esposa, Ângela Maria Everton, que ocupou o cargo de secretária municipal na gestão do marido. Os dois são investigados pelos crimes de corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro, peculato, associação criminosa, entre outros.

As prisões partiram de pedido do Ministério Público do Maranhão, com base nas investigações realizadas pelo Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) sobre o esquema de agiotagem envolvendo diversas prefeituras no estado.

Durante as investigações do assassinato do jornalista Décio Sá, chegou-se à organização criminosa comandada por Gláucio Alencar e José de Alencar Miranda, que desviava recursos públicos em, pelo menos, 42 municípios do Maranhão. Entre os documentos apreendidos na época, estavam vários cheques e autorizações de saque assinados pelo prefeito Domingos Sávio e por sua esposa, Ângela Everton.

Além da prisão temporária dos ex-gestores, a decisão da 1ª Vara da Comarca de Santa Helena também determinou a realização de operações de busca e apreensão em diversos endereços ligados a Domingos Curió, Ângela Everton e ao filho do casal, José Paulo Dantas Silva Neto, em Turilândia e São Luís.

Foi determinada, ainda, a quebra de sigilo bancário e fiscal dos três envolvidos, da Prefeitura de Turilândia, da Construtora Única (pertencente a Domingos Sávio e José Paulo Dantas) e da Associação de Moradores do Bairro Bacabeira, em Turilândia, da qual Domingos Curió foi presidente.

Fonte: Ministério Público do Maranhão

Assembleia concede título de cidadão maranhense a Dom Belisário

Sousa Neto e arcebispoDom José Belisário da Silva, arcebispo Metropolitano de São Luís, recebeu, nesta quinta-feira (23), o Título de Cidadão Maranhense em reconhecimento ao trabalho que desenvolve junto à comunidade católica e toda a sociedade do Maranhão. A comenda foi fruto de um Projeto de Resolução Legislativa proposto pelo deputado Sousa Neto (PROS) e aprovado por unanimidade pelo plenário.

A sessão solene de entrega da honraria foi presidida pelo deputado Eduardo Braide (PMN) e contou ainda com a presença dos deputados Wellington do curso (PP), Júnior Verde (PRB), Roberto Costa (PMDB), Zé Inácio (PT) e Edivaldo Holanda (PTC), além de autoridades e comunidade católica.

Dom José Belisário é mineiro, nascido em Carmópolis, em 1945. Está na arquidiocese desde 1999, quando foi nomeado bispo do município de Bacabal pelo papa João Paulo II. Lá, ele permaneceu como administrador até 2005, ano em que recebeu do papa emérito Bento XVI a nomeação para o episcopado na Arquidiocese de São Luís, no qual permanece até os dias atuais. Belisário também já foi vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) durante o quadriênio 2011-2015. No ano passado foi eleito segundo vice-presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM).

O deputado Sousa Neto, autor da proposição, destacou ser de grande felicidade conceder o título ao arcebispo de São Luís, cuja trajetória é reconhecida não só no Maranhão, mas em todo o país.

“É de uma felicidade enorme, até porque sou de uma família católica. O Dom Belisário é uma pessoa sem palavras, porque tem muitos serviços prestados a toda a Igreja Católica no Brasil e, depois de ter sido consagrado arcebispo de São Luís, tem feito trabalhos extraordinários. Eu fiquei surpreso por saber que ele ainda não tinha recebido essa comenda e é mais que merecida essa homenagem”, declarou.