Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Mais de 600 mil eleitores voltam às urnas no 2º turno em São Luís

Os 659.778 eleitores que residem em São Luís voltarão às urnas neste domingo (30) para decidir no 2º turno das eleições 2016 quem irá administrar por mais quatro anos a Prefeitura da capital a partir do dia 1º de janeiro de 2017.

Dos 659.778 eleitores que irão votar, 298 mil 250 são do sexo masculino e 361 mil 529 pertencem ao sexo feminino. Todos eles estarão distribuídos em um total de 260 locais de votação.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, (TRE-MA), o segundo turno em São Luís irá contar com a participação de 7.872 mesários. Eles irão estar divididos em 1.968 seções aptas ao funcionamento.

Este ano, está disputando o comando do Palácio de La Ravardière, sede da Prefeitura de São Luís, o atual prefeito, Edvaldo Holanda Júnior, candidato à reeleição pelo Partido Denocrártico Trabalhista (PDT), e Eduardo Braide, candidato do Partido da Mobilização Nacional (PMN).

O segundo turno das eleições só ocorre nos municípios com mais de 200 mil eleitores, quando nenhum candidato obtém a maioria dos votos válidos (50% mais um voto) no primeiro turno.

Eleitores denunciam supostos crimes eleitorais por aliados de Edivaldo Júnior

Desde as primeiras horas deste domingo (30), vários eleitores têm usado as redes sociais para denunciar crimes eleitorais que vão, de propaganda ilegal [boca de urna] à suspeitas de compra de votos, nos mais diversos bairros de São Luís.

As denúncias que estão sendo registradas, por vídeos e fotos, começaram a se espalhar pela internet, em diversas redes sociais e grupos de WhatsApp, aplicativo de troca de mensagens, envolvendo, principalmente, aliados do prefeito Edivaldo de Holanda Júnior (PDT), candidato à reeleição.

Uma das denúncias envolve, por exemplo, o deputado federal Weverton Rocha (PDT), flagrado fazendo propaganda ilegal na porta da Escola João Paulo II, na Vila Luizão, região do Turu, em São Luís.

Os internautas também denunciaram movimentação de militantes do candidato Edivaldo, numa suposta boca de urna, no bairro do São Francisco.

Também pela manhã, a jornalista Elinalva Cardoso, ultilizou seu perfil no Facebook, para denunciar que foi agredida, na zona rural de São Luís, por um militante que apoia a candidatura à reeleição de Edivaldo Júnior.

Em outro caso, nas proximidades da Escola Desembargador José Sarney, no bairro do São Francisco, uma internauta publicou na internet um vídeo de suposta compra de voto. O flagrante mostra um carro branco com adesivo do candidato Edivaldo, com vários eleitores formando uma fila para receber alguma coisa das mãos de uma das pessoas que está dentro do veículo.

O QUE DIZ A LEI?
A captação ilícita de sufrágio (compra de votos) é ilícito eleitoral punido com a cassação do registro ou do diploma do candidato e multa, e inelegibilidade por oito anos.

Hilton Gonçalo abrindo caminhos

Ao assumir o comando político da campanha de Eduardo Braide, prefeito eleito de Santa Rita mostra a coragem que marca os grandes líderes políticos e se põe como alternativa de poder em âmbito estadual, qualquer que seja o resultado das eleições deste domingo

Gonçalo: construíndo caminho próprio a partir da ousadia

Do governador Flávio Dino (PCdoB) ao candidato a prefeito Eduardo Braide (PMN), passando pelo deputado federal Weverton Rocha (PDT), pelo deputado estadual Wellington do Curso (PP) e pela prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (PTN), a história recente da política maranhense mostra que as lideranças se formam sempre entre os que têm coragem.

Flávio Dino só é governador por que teve a coragem que outros de sua geração não tiveram.

Eduardo Braide só chegou ao segundo turno das eleições em São Luís – e pode até ser eleito prefeito – por que teve a coragem que muitos colegas não tiveram.

Neste time já pode ser incluído o prefeito eleito de Santa Rita, Hilton Gonçalo (PCdoB).

O comunista resolveu marcar posição em um terreno próprio, ao lado de Eduardo Braide – e agora com Wellington ao seu lado – já apostando nas eleições de 2018.

Pode dar certo ou pode não dar, mas o fato é que ele não se eximiu de tentar.

A ousadia de Braide, e também de Gonçalo, tem incomodado quatrocentões da classe política desde o início do segundo turno, muitos acovardados pela própria incapacidade de iniciativa, reféns que são de mandatos ou de espaços públicos de poder.

Hilton Gonçalo entra agora no panteão dos que ousam.

E destes é que será o futuro do Maranhão.

Gostem ou não os que apenas olham…

(Do Blog do Marco D’Eça)

Vídeo comprova rejeição de eleitores ao principal apoiador de Edivaldo Júnior

A hostilização sofrida pelo deputado federal Weverton Rocha (PDT) em uma seção eleitoral de São Luís, na manhã deste domingo (30), quando eleitores acusaram o parlamentar de estar fazendo boca de urna, comprova a alta rejeição do principal apoiador da campanha do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), na capital maranhense.

O fato ocorreu na porta da Escola João Paulo II, na Vila Luizão, quando Weverton tentava convencer eleitores a votar no candidato apoiado por ele na cidade. Nesse momento, populares cercaram o deputado e acusaram de desvio na União Nacional dos Estudantes (UNE). No vídeo, uma mulher perguntou onde estava o dinheiro da instituição que, supostamente, teria sido desviado na gestão do parlamentar quando presidiu a entidade. Insultado por eleitores com palavras de “Mora lá arrogante!” e “Cadê o dinheiro da UNE?”, Weverton teve que ser escoltado por soldados da Polícia Militar do Maranhão, caso contrário, ele poderia ter sido alvo de violência, tamanha revolta do povo em relação ao peso da fama negativa que vem de longe.

REJEIÇÃO QUE PREJUDICA
Corre nos bastidores uma pesquisa interna encomendada pelo Palácio dos Leões comprova que Weverton Rocha tem rejeição próxima a de José Sarney, com quase 70% de rejeição. Para quem não lembra, o parlamentar é um dos campeões em investigações por desvio de recursos públicos no Maranhão. As imagens da hostilização que circulam na internet comprova o perigo da aproximação de Weverton com Edivaldo, ao ponto de prejudicar a imagem do prefeito junto ao eleitorado ludovicense.

Em Imperatriz, a candidata Rosangela Curado que foi apoiada por Weverton, fracassou e terminou em terceiro lugar com 21,82% da votação, equivalente a 28.967 votos.

Hilton Gonçalo diz que com Eduardo, passagem de ônibus não vai aumentar

Um dos principais aliados de Eduardo Braide – 33, esteve presente na votação do candidato. Hilton Gonçalo (PCdoB), acompanhou o candidato do PMN ao lado de Wellington do Curso (PP), André Fufuca (PP), Rose Sales (PMB), entre outros. Hilton aproveitou a oportunidade e disse que existe já um planejamento para evitar um novo aumento de passagem de ônibus, uma vez que já está previsto no contrato com as empresas de ônibus que venceram licitação de transporte.

“Não podemos penalizar nossa população. Com Eduardo na Prefeitura, não vai haver aumento na passagem de ônibus”, argumentou.

Outro ponto importante é a questão dos agentes de saúde, Hilton diz que vai haver uma contratação de novos profissionais. Uma vez o número mínimo exigido de agentes em atuação na cidade de São Luís é de 2 mil. Hoje somente 600 trabalham na capital e sem nenhuma qualidade na execução do seu trabalho, ou seja, atuando de forma precária.

VEJA TAMBÉM:
Contrato assinado por Edivaldo Júnior prevê aumento da passagem de ônibus em 2017

“O Eduardo Braide será o melhor prefeito que São Luís já teve. O trabalho será intenso, a população vai viver dias melhores”, anunciou Hilton Gonçalo.

A expectativa de vitória de Eduardo Braide é enorme, baseada na aceitação popular e também nos erros dos institutos de pesquisa que erraram no primeiro turno e ficaram longe de acerto o resultado final.

Igor Lago critica desrespeito de Edivaldo à memória de Jackson Lago

A desenfreada verborragia do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) Durante o debate da TV Mirante, na Noite Desta sexta-feira, 28, JA causou-LHE Ao Menos Uma reprimenda pública Neste sábado, 29.

Filho do ex-governador Jackson Lago, principal Líder do PDT na História do partido, o médico Igor Lago NÃO APENAS desmentiu A História contada cabelo prefeito há debate Como pediu Respeito de Holandinha à memória do pai.

igor

Durante o debate, Quando tentou enquadrar Eduardo Braide Sobre SUA Participação na Gestão do ex-prefeito João Castelo (PSDB), Edivaldo Disse Indicações Terem Sido fazer ex-governador Jackson Lago OS auxiliares de Castelo, mantidos POR ELE NAS áreas de Educação, Saúde e Transporte.

Pela incapacidade de raciocínio fazer NAS Prefeito Respostas, Não ficou claro Para o telespectador se ELE se referia à indicação dos auxiliares Ao PRÓPRIO Castelo UO se à Manutenção Deles em SUA Gestão.

Jackson Lago Morreu Dois ano Antes de Edivaldo assumir a prefeitura, e Praticamente NÃO Teve Contato Político OU Pessoal com o uso atual prefeito do PDT.

A reprimenda pública de Igor Lago ESTÁ em Seu perfil no Facebook …

Eduardo Braide venceu o debate da Mirante, revela pesquisa Escutec

escuta

O candidato do PMN, Eduardo Braide, foi o vencedor do debate da TV Mirante, transmitido na noite desta sexta-feira, 28.

De acordo com o instituto, 43% dos entrevistados consideraram que Braide foi o melhor, contra 33% de Edivaldo Júnior (PDT).

Outros 14% disseram que nenhum dos dois venceu, e 10% não quiseram ou não souberam responder.

A pesquisa Escutec sobre a repercussão do debatem, registrada no TRE sob o número MA-06053/2016, ouviu 400 eleitores, com três perguntas básicas:

1 – você assistiu o debate?

2 – Você assistiu o programa de forma completa?

3 – Quem ganhou o debate?

A resposta sobre quem venceu o confronto direto foi dada de forma espontânea, mas a pergunta foi feita apenas para os 72% de entrevistados que declararam ter assistido a todo o programa.

A pesquisa Escutec mostra que o debate deve mesmo ter forte influência na decisão do eleitor.

Weverton Rocha é suspeito de fazer boca de urna para Edivaldo Júnior

weverton3

O Deputado Weverton Rocha federal (PDT) foi flagrado Fazendo propaganda ilegal de boca de urna NAS imediações da Escola João Paulo II, na Vila Luizão, Região do Turu, em São Luís.

Ele foi fotografado e filmado distribuindo ‘santinhos’ do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, candidato à reeleição. O Caso foi denunciado Ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A boca de urna E Considerada propaganda ilegal e É Proibido Pela Legislação eleitoral.

Contrato assinado por Edivaldo Júnior prevê aumento da passagem de ônibus em 2017

O prefeito e candidato a reeleição de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), mentiu para a população da cidade, durante o debate realizado pela TV Mirante, na noite de ontem. O candidato a prefeito pelo PMN, Eduardo Braide, questionou Edivaldo sobre um possível aumento anual previsto no contrato de licitação com as empresas que operam no sistema de transporte urbano, mas o pedetista garantiu que a passagem dos coletivos não sofrerá aumento.

No entanto, em sua replica, Braide disse que Edivaldo escondeu da população ludovicense o próximo reajuste na tarifa de ônibus na capital que consta no contrato de licitação que leva à assinatura do próprio prefeito que é candidato a reeleição.

Ao fazer a revelação ao vivo, durante debate promovido pela TV Mirante, o candidato do PMN solicitou que sua assessoria disponibilizasse em sua página no Facebook os documentos comprovando a veracidade da informação e afirmou que o próximo aumento já tem, inclusive, data para acontecer e será em julho de 2017.

“(…) Peço para minha assessoria compartilhar na minha FanPage o contrato em que o atual prefeito aceitou o aumento anual de tarifas de ônibus em São Luís (…) Quero dizer que o próximo aumento já tem, inclusive, data para acontecer e será em julho de 2017”, declarou.

A revelação sobre o aumento da passagem de ônibus consta no item que trata do ‘equilíbrio econômico’ e diz que como forma de manutenção da ‘expressão financeira da tarifa de remuneração’, o contrato será reajustado anualmente por ato do Poder Executivo. Como foi assinado em julho deste ano, significa dizer que o próximo reajuste será em julho do ano que vem, conforme documento em anexo.


TRÊS AUMENTOS SEM DOMINGUEIRA

Em quase quatro anos de governo, o prefeito Edivaldo Júnior aumentou três vezes a passagem de ônibus. O primeiro reajuste no preço das tarifas de ônibus ocorreu em junho de 2014, após 16 dias de greve dos rodoviários. Na ocasião, o reajuste foi de 23% (R$ 0,30) em todas as tarifas. Foi extinta a “domingueira”, desconto de 50% aos domingos, e ficou acordada a compra de 250 ônibus novos.

O segundo aumento aconteceu em março de 2015, quando houve reajuste de 16% nas tarifas. O valor da tarifa cobrada na maioria dos coletivos ficou assim: de R$ 2,40 para R$ 2,80, enquanto as mais baratas passarão de R$ 1,90 para R$ 2,20 e R$ 1,60 para R$ 1,90.

Já o ultimo aumento ocorreu em março deste ano quando as passagens tiveram os seguintes aumentos: de R$ 1,90 para R$ 2,20 (nível 2); de R$ 2,20 para R$ 2,50 (nível 3); e de R$ 2,60 para R$ 2,90 (nível 4). Nas linhas semiurbanas Integradas o valor da passagem passa para R$ 2,90 e o Expresso Metropolitano para R$ 3,10.

É apostando no esquecimento do povo, que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior busca sua reeleição no próximo domingo (30). Mas como diz um ditado popular: “Quem bate [ou aumenta a passagem], esquece. Mas quem apanha [e sofre o preço do reajuste no bolso], nunca esquece”.