Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Inaugurações e shows musicais marcaram aniversário de 23 anos de Bacabeira

capa

Shows com atrações nacionais e inaugurações de obras marcaram a programação do aniversário de Bacabeira, município que hoje compõe a Região Metropolitana de São Luís, que esse mês completou 23 anos. O calendário de intensas atividades aconteceu na quinta (09) e sexta-feira (10), data do aniversário da cidade.

Nos dois dias da programação da festa, a prefeita Fernanda Gonçalo inaugurou a Praça José da Silva Calvet, construções de casas populares, fez a entrega de kits do Programa Cidadão Empreendedor e sistemas de abastecimento de água nos povoados Piqui, São Cristovão, Igaruçu, Santana, Gameleira e Ramal do Abude.

praca

poco3

“São serviços construídos com recursos próprios do município e que estão melhorando a qualidade de vida das pessoas carentes de Bacabeira, que moravam em casas de taipa e não tinham água nas torneiras. Este é apenas o primeiro ano de governo. Muito mais ainda vamos fazer pelo crescimento desta cidade”, declarou a prefeita Fernanda Gonçalo, que estava acompanhada dos prefeitos de Santa Rita, Hilton Gonçalo e de Pastos Bons, Iriane Gonçalo.

poco4

NOVO CARTÃO-POSTAL
A Praça José da Silva Calvet ganhou um monumento em 3D com o nome da cidade e foi a primeira obra entregue pela prefeita – que estava acompanhada também dos vereadores Vanderlan (PSC), Kellyane (PMB), Arrumadinho (PSDB), Ademir (PMDB), Magno (PPS); do vice-prefeito Bira Torres (PP) e dos secretários municipais Fábio Torres (Semdes), Ivanildes (Mulher), Olga (Educação), Jefferson (Saúde), Normando (Infraestrutura), Ramon (Pesca), Linhares (Portos), Célio (Finanças) e Lucas Lindoso (Chefe de Gabinete). A solenidade contou com a apresentação da Banda Marcial Bacabeirense e a presença de dezenas de pessoas da comunidade.

cartaopostal

cartao2

SONHO QUE SE REALIZA
O sonho da casa própria é comum a uma grande parte dos brasileiros. Em Bacabeira, no dia do aniversario da cidade, esse sonho virou realidade para famílias das comunidades de Igaruçu, São Cristóvão, Santana e Gameleira que foram contempladas com casas de alvenaria substituídas por casas de taipas. Moradora de Igaruçu, dona Celina Pires Pereira – que está grávida e têm outros quatro filhos – agradeceu pessoalmente a prefeita Fernanda por essa conquista que contou com a ajuda de um dos programas de maior impacto social na cidade: o “Nossa Casa”.

casas

casas2

“Morava em casa de taipa e não tinha condições de construir uma de tijolos. Graças à prefeita Fernanda Gonçalo, que está vendo e atendendo às necessidades das famílias pobres de Bacabeira, eu e minha família agora temos uma casa digna para morar”, disse a dona de casa.

DOIS SHOWS GRATUITOS
A programação também foi marcada por grandes shows musicais. Na quinta, dia 9, foi realizado o show gospel, com a Banda Novo Som, que encerrou a primeira noite com muito louvor, após a pregação especial dedicada aos evangélicos que marcaram presença na Praça José da Silva Calvet.

novosom

novosom2

Na sexta, dia 10, a cantora Joelma, ex-vocalista da banda Calypso, encerrou a programação com um grande show que atraiu para Bacabeira mais de 15 mil pessoas, segundo estimativa da produção do evento.

Em entrevista à imprensa, a prefeita Fernanda Gonçalo avaliou a realização dos eventos de forma positiva. “Estou muito feliz por estarmos encerrando com chave de ouro esta programação que muito envolveu a nossa população. Foram dois dias de festa, onde pudemos realizar inaugurações de importantes obras. Então é isto: estou feliz em contribuir com o desenvolvimento da minha cidade e já temos muitas outras obras e projetos em andamento para darmos início muito em breve”, concluiu.

Servidores do TJ apoiam juiz que rejeitou penduricalhos no salário

Enquanto a Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) critica, os servidores do Judiciário maranhense manifestaram apoio à decisão do juiz auxiliar de entrância final Roberto de Oliveira Paula, de renunciar aos “penduricalhos” pagos pelo Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) em seu contracheque.

Em nota oficial emitida na sexta-feira (10), o Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão (Sindjus-MA) manifestou “publicamente a sua solidariedade ao juiz de Direito Carlos Roberto de Oliveira Paula, por ter – de livre, espontânea e consciente vontade – comunicado à Administração do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão o seu desacordo em continuar a receber verbas indenizatórias incompatíveis com preceitos constitucionais”.

Para os servidores, a atitude do magistrado, ao contrário de hipócrita – como a classificaram os colegas de Roberto de Oliveira Paula -, é “corajosa, coerente e irrepreensível”.

“Temos a plena convicção que a atitude do ilustre magistrado, corajosa, coerente e irrepreensível do ponto de vista jurídico e ético, reflete o pensamento da sociedade civil quanto a mudança de postura, tão necessária, como inadiável, para aumentar a confiança da população no Poder Judiciário e na prestação jurisdicional”, diz o comunicado.

Hilton Gonçalo revela decepção com Flávio Dino

Hilton cumprimenta cidadã em Santa Rita

O prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, disse nesta sexta-feira (10), em entrevista exclusiva à revista Maranhão Hoje a ser publicada na edição de novembro, que não descarta deixar o PCdoB e disputar novo cargo majoritário numa chapa de oposição ao governador Flávio Dino, que é do seu partido, ou mesmo apenas apoiar um outro candidato que faz oposição ao Palácio dos Leões. Hilton não esconde a decepção de ser um dos poucos prefeitos que não fazem convênios com o Estado, mesmo tendo apoiado o governador em em 2014 no seu município e nos demais onde tem influência, dando-lhe uma excelente votação nesses lugares.

Hilton Gonçalo chegou a dizer que Flávio Dino precisava mexer na sua equipe e colocar em pontos chaves não apenas quem tem conhecimento técnico, mas sensibilidade política, ou seja, pessoas que conheçam a realidade do estado, sabem das necessidades das populações mais carentes e queiram trabalhar em parceria com os gestores municipais para amenizar esses problemas.

Para ele, fica a dúvida se os secretários não atendem os pleitos de alguns prefeitos por má vontade ou por desconhecimento ou então, o que seria mais grave, se falta autonomia para gerenciarem suas pastas.

O prefeito disse que pouco tem conversado com Flávio Dino, porém outros políticos, reconhecendo sua popularidade e o trabalho que vem realizando em Santa Rita, o têm procurado para conversar, dentre eles o senador Roberto Rocha (PSDB), o deputado Eduardo Braide (PMN), José Reinaldo Tavares (PSB) e outros, mas não tem estendido negociações, tampouco firmado compromissos, pois no momento está mais focado em fazer um bom governo em Santa Rita e ajudar sua mulher, Fernanda Gonçalo, a fazer uma boa gestão em Bacabeira.

Hilton diz que, apesar de não receber nenhuma ajuda do Estado, continua tocando obras em seu município, como pavimentação de ruas e estradas vicinais, ampliação dos serviços de água, construção de moradias para famílias carentes, adquirindo equipamentos para hospital etc. Indagado se já apresentou algum projeto ao governo, diz que sim, mas como nunca foi atendido deixar de pedir. Segundo ele, foram negadas ajudas para o Carnaval e o São João, ser incluído no Mais Asfalto, ajuda ao hospital municipal e sua série de outros pleitos.

O prefeito acha que o problema pode estar no estilo do governo trabalhar com os municípios, ou seja, em vez  convênios com as prefeituras, o Estado executa as obras sem ao menos consultar o gestor municipal, prática com a qual não concorda, mas lança um desafio: “se o governador quiser fazer alguma coisa pelo povo de Santa Rita, que faça, as ruas da cidade estão liberadas para ele entrar e fazer o que quiser”.

Sobre seu projeto político, Hilton Gonçalo diz que ainda não está decidido, mas gostaria de disputar o Governo do Estado ou uma cadeira no Senado, mas aceitaria também ser vice-governador. Tudo vai depender, segundo ele, de como sair da prefeitura sem prejudicar o andamento de suas obras e sem interromper as parcerias com Bacabeira, pois sabe que o sucesso ou o insucesso da gestão de sua esposa pode afetá-lo e vice-versa, isto é, tem de mostrar serviços para que uma má gestão em Santa Rita não prejudique a de Bacabeira.

Jornalista vê Eduardo Braide como “contraponto” entre Roseana e Flávio Dino

Se decidir entrar mesmo na disputa pelo Governo do Estado – como aponta o novo programa eleitoral do seu partido, o PMN – o deputado estadual Eduardo Braide dá mostras de que pretende ser o contraponto aos dois principais candidatos já apresentados. Essa foi a análise do jornalista Marco D’Eça, publicada hoje em seu blog.

Na opinião de D’Eça, Braide quer se posicionar exatamente entre o governador Flávio Dino (PCdoB) e a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).

“Contra o comunista, o discurso de Eduardo Braide está bem claro no programa do seu partido, que vai ao ar partir de segunda-feira, 13, e foi mostrado em primeira mão neste blog”, informou o jornalista em sua página.

Mas o programa de Braide não se impõe apenas a Flávio Dino; ele atinge, ainda que sutilmente, também a candidatura de Roseana Sarney.

– O Maranhão precisa olhar pra frente – diz Braide, numa frase que já virou até hashtag nas redes sociais.

É assim que o deputado se apresenta ao eleitor.

E vai continuar assim pelo menos até julho de 2018…

Justiça volta a afastar Zé Vieira da Prefeitura de Bacabal

Zé Vieira (PP) está mais uma vez fora da Prefeitura de Bacabal.

Ele foi novamente afastado nesta sexta-feira (10), por decisão do desembargador Antonio Bayma, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), curiosamente ao julgar um recurso do próprio progressista.

Segundo o despacho do magistrado, a decisão que deve prevalecer no caso é a do desembargador José de Ribamar Castro, da 5ª Câmara Cível do TJMA, que havia cassado no início do mês uma decisão da desembargadora Cleonice Freire.

Depois disso, a desembargadora Nelma Sarney cassou a decisão de Castro. Mas essa decisão também já foi tornada sem efeito, porque Bayma – na condição de decano do TJ e no exercício da vice-presidência – entendeu que o relator da matéria é, de fato, José de Ribamar Castro.

Baixe aqui a decisão.

Governo altera edital do concurso da PM e antecipa prova em um mês

Sem justificativa alguma, o Governo do Estado do Maranhão, por meio das instituições competentes, retificou, mais uma vez, o edital de concurso da Polícia Militar do Maranhão.

As provas, antes previstas para o dia 28 de janeiro, agora acontecerão no dia 17 de dezembro. Foi contra essa situação que o deputado Wellington do Curso (PP) recebeu centenas de reclamações e se posicionou ao cobrar “bom senso” por parte do Governador Flávio Dino (PC do B).

Ao encaminhar a solicitação, que foi feita em caráter de urgência, o deputado Wellington mencionou inúmeros fatores que mostram que a alteração de data prejudicará muitas pessoas.

“Aja com bom senso, governador! Primeiro: por que mudaram a data agora de forma repentina? Onde está o planejamento do Governo do Estado? Vocês não o fizeram antes de lançar o edital? Por que tanta desorganização? Segundo: mudaram e não deram justificativa alguma para a população. As provas, agora, acontecerão 43 dias antes do previsto. Foi feita uma mudança, mas, mudança para prejudicar? Como fica a situação dos homens e mulheres que programaram seus estudos para a prova que seria em janeiro? Terceiro: entre as fases de inscrição e aplicação de provas os candidatos terão apenas 21 dias. Onde está a razoabilidade? Quarto: por que tanta pressa? Não quero acreditar que querem fazer desse concurso um objeto eleitoreiro. Senhor Governador, Vossa Excelência prejudicará homens e mulheres que sonham em ingressar na Polícia Militar do Maranhão. Em nome dos candidatos, solicitamos que mantenha a data da prova em janeiro, conforme divulgação inicial no edital. Seja coerente, já que não tem planejamento! Não prejudique a população”, disse o professor e deputado Wellington.

A solicitação do deputado Wellington foi encaminhada, em caráter de urgência, e deve ser respondida ainda nos próximos dias.

DESORGANIZAÇÃO

Inicialmente, as inscrições do concurso estavam previstas para começarem no dia 16 de outubro, o que não aconteceu. Posteriormente, a data da prova foi definida para o dia 21 de janeiro. Por meio de outra retificação, alteraram a data para o dia 28 também do mês de janeiro. Agora, de forma repentina e já na 4ª retificação do edital, as provas serão aplicadas com 43 dias de antecendência, isto é, no dia 17 de dezembro, prejudicando inúmeros maranhenses que programaram seus estudos de acordo com o Edital divulgado e todo remendado.

“Exigimos respeitos aos trabalhadores”, diz Honorato ao repudiar declaração de subprefeito

Após a declaração fora de hora e totalmente incoerente com o posto que ocupa, o subprefeito do Centro Histórico, Fábio Henrique, foi repreendido pelo presidente do PT de São Luís, Honorato Fernandes. O vereador classificou a declaração do subordinado do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), como algo equivocado e que tem total repúdio do parlamentar.

Além da nota divulgada, Honorato Fernandes já solicitou do secretário de Articulação Política, Jota Pinto (PEN/Patriotas), um posicionamento sobre a declaração de Fábio Henrique.

Segue a nota na íntegra:

O trabalhador (a) brasileiro sofre as terríveis consequências de um governo golpista que diariamente usurpa direitos conquistados dos trabalhadores. São propostas absurdas como as da reforma da previdência e trabalhista só para citar algumas. Diante deste nefasto quadro os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil buscam no ato de manifestar, um direito legitimo de protestar contra este desmonte.

Diante do exposto repudiamos com veemência a triste e equivocada postagem do sub prefeito de São Luís, Fábio Henrique, em que se refere aos trabalhadores (as), que protestam neste Dia Nacional de Luta, como desocupados.

Exigimos respeitos aos trabalhadores (as) e as instituições que participam do ato. Não vamos nos calar e nossa luta é pelo povo brasileiro. E assim seguimos.

Honorato Fernandes
Vereador de São Luís
Presidente do PT de São Luís

Roberto Rocha cancela convenção do PSDB

Na condição de presidente da Comissão Interventora do PSDB do Maranhão, o senador Roberto Rocha decidiu cancelar a Convenção Estadual do partido, que estava marcada para o próximo sábado (11).

Segundo ele, em nota encaminhada na noite de hoje (9) à imprensa, houve “descumprimento das normas do Estatuto imprescindíveis para sua realização”.

Rocha comanda o tucanato maranhense desde a noite de terça-feira (7), quando o ainda presidente nacional da legenda em exercício, Tasso Jereissati, destituiu a Comissão Executiva Estadual – que era presidida pelo vice-governador do Estado, Carlos Brandão.

Na semana passada, ao anunciar que a intervenção ocorreria, o ex-prefeito Sebastião Madeira, de Imperatriz, já havia antecipado, também, o adiamento da convenção.

Na ocasião, ele disse que não havia como disputar a presidência do PSDB, no voto, contra o grupo de Brandão, porque este aparelhou a sigla com empregados do governo.

Marcelo Poeta entrega moção de aplausos a secretário adjunto da Sinfra

23032592_1279086702196863_1181556398915537019_n

O secretário adjunto de Conservação e Manutenção de Rodovias da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), engenheiro João de Luna Arruda Filho, recebeu uma Moção de Aplausos da Câmara Municipal de São Luís, pelas mãos do vereador Marcelo Poeta (PCdoB), essa semana.

A moção foi por causa dos relevantes serviços prestados em prol da melhoria das rodovias do estado, que junto com o governador Flávio Dino (PCdoB), muito tem feito reconstituindo nossa e Estado, ressalte-se que essa ação muito beneficia a população.

O secretário adjunto João de Luna acredita que esta moção é mais um incentivo para continuar os trabalhos.

“Uma dedicatória desta magnitude aumenta a nossa responsabilidade para que possamos fazer por merecer a cada dia mais. Agradecemos a Câmara de São Luís, em especial o vereador Marcelo Poeta”, destacou.

Nas redes sociais, Poeta também comentou sobre a honraria dedicada a João de Luna. Na opinião do parlamentar, o reconhecimento é mais do que justo, pois o homenageado é alguém que faz da sua vida um exercício da dedicação ao estado.

“Hoje fiz a entrega de um justo reconhecimento ao amigo e exemplo de funcionário, que faz da sua vida um exercício da dedicação ao estado… Joao de Luna”, concluiu.

MP pede viaturas, em caráter de urgência, para delegacia de Matões

O Ministério Público do Maranhão ingressou com uma Ação Civil Pública com pedido de liminar, para que o Estado seja obrigado, em caráter de urgência, a designar viaturas para delegacia do município de Matões. A ação baseia-se na situação precária dos órgãos de segurança na comarca.

A manifestação foi formulada pela promotora de Justiça titular da comarca, Patrícia Fernandes Gomes Costa Ferreira.

A ação baseia-se no Artigo 144 da Constituição Federal, que “garante a todos os brasileiros e aos estrangeiros residentes no país, a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à segurança e à propriedade, dentre tantos outros direitos fundamentais de primeira, segunda e terceira geração ou dimensão”.

A representante do MP-MA diz que o município de Matões possui índice crescente de criminalidade e que, por isso, precisa ter a segurança pública reforçada. “É absoluta a impunidade crescente na comarca, onde a maioria dos crimes não são elucidados, tornando imprescindíveis sérias medidas jurisdicionais para amenização do problema”.

A promotora de justiça Patrícia Fernandes Gomes Costa Ferreira relata que, em vistoria realizada no dia 24 de outubro deste ano, pela equipe da Promotoria de Justiça, constatou-se que a delegacia de polícia necessita, com urgência, de pelo menos, uma viatura de grande porte, com tração 4 x 4, em razão da existência de povoados de difícil acesso, com estrada de chão, sem acesso para carros pequenos. Foi constatado, também, que a única viatura existente à disposição naquela delegacia, é um veículo Blazer ano 2003 cedida pela Delegacia de Timon e que encontra-se em reparo na cidade vizinha há dois meses.

Como medida liminar, o Ministério Público pede que a Justiça determine a disponibilização de duas novas viaturas da Polícia Civil, de grande porte, com tração 4 x 4, ao município, em perfeito estado de conservação e em regular funcionamento, sendo a primeira no prazo de 72 horas e a segunda no prazo máximo de 30 dias, sob pena de multa no valor de R$ 5 mil, por dia de atraso.