Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

PF abre investigação de fakes que atacavam Wellington do Curso

Em resposta ao ofício protocolado pelo deputado estadual Wellington do Curso, a Polícia Federal, por meio do Ofício nº 393/2018, informou que instaurará Inquérito Policial para identificar a autoria e quem admistrava os perfis fakes que divulgou uma série de mentiras e ataques contra o parlamentar. Recentemente, houve uma decisão de membros do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), que determinou a exclusão de perfis de rede social e a identificação e liberação dos IPs que foram utilizados para cometer os crimes.

Com o Inquérito Policial, objetiva-se identificar quem comandava e quem administrava os perfis fakes, para então, puni-los pelos crimes contra a honra já praticados.

“Como deputado estadual, trabalhamos diariamente para termos o respeito dos maranhenses. Trabalhamos de forma séria, honesta e sem mentiras. Enquanto eles mentem, a gente segue trabalhando em defesa da população. Criaram perfis fakes tentando manchar a nossa imagem, divulgando mentiras e tentando diminuir nossa atuação como deputado estadual. E muito mais grave ainda se esses crimes foram patrocinados com dinheiro público. Agora, a Polícia Federal irá apurar quem administrava tais perfis. Afinal, quem isso fez, ainda que esteja cumprindo ordens, é tão criminoso quanto quem deu as ordens”, disse o deputado estadual Wellington do Curso.

Candidato filho de juiz federal sofre acidente aéreo

O candidato a deputado estadual Jonas Magno (PDT) sofreu um acidente aéreo nesta sexta-feira (28).

O caso ocorreu na Raposa, na volta do pedetista de uma atividade de campanha em Barreirinhas.

Segundo as primeiras informações, o piloto da aeronave chocou-se com uma mureta no momento do pouso.

Blog apurou que, apesar do grande susto, o jovem político passa bem e já conversou com familiares e amigos sobre o ocorrido.

Além de Jonas Magno e do piloto, um assessor também estava na aeronave.

O candidato é filho do juiz federal Magno Linhares.

Maura vira alvo de comunistas… por quê?

A candidata do PSL ao Governo do Maranhão, Maura Jorge, virou, de repente, o alvo preferido dos comunistas na campanha eleitoral.

Há dias ela vem sendo atacada ferozmente pelos satélites do Palácio dos Leões.

O objetivo, está claro, é fazê-la sangrar…

O que intriga é o motivo: se Flávio Dino (PCdoB) lidera com mais 60% das intenções de voto, por que ataca justamente a terceira colocada?

Isso só faria sentido se ela estivesse crescendo – “puxada” por Bolsonaro – e pudesse, com isso, garantir os votos necessários à oposição para levar a eleição ao 2º turno.

Não é?

Ex-juiz vira piada ao dizer que Thiago Diaz é ‘defensor de prerrogativa’

Discurso do procurador do Estado tenta mostrar algo fora da realidade.

Discurso do ex-juiz Daniel Blume tenta mostrar algo fora da realidade na advocacia maranhense.

O advogado Daniel Blume Pereira de Almeida, que é procurador de carreira do Estado, sempre fez campanha na OAB-MA como quem dança bolero: dois passinhos pra frente e dois passinhos pra trás. Assim têm sido sua postura ao longo de sua história de militância na seccional.

Depois de enrolar os integrantes do Grupo “Repense OAB”, o advogado que uma hora é procurador do Estado e em outra é juiz do TRE, resolveu aprontar mais uma: ele publicou um vídeo em suas redes sociais, nesta quinta-feira (27), em apoio à reeleição do presidente da Ordem, Thiago Diaz, com um discurso cheio de contradições, fragilidades e totalmente fora da realidade da advocacia maranhense.

Apesar da tentativa de fazer um discurso otimista a favor de Diaz, suas declarações, porém, além de não surtirem efeito, causaram controvérsia e revolta entre os advogados, principalmente naqueles que enfrentam a labuta do dia a dia.

No vídeo, o procurador do Estado que não precisa viver a advocacia e nem conhece o labutar, a falta de respeito e humilhações que alguns de seus colegas enfrentam, destaca que seu apoio à reeleição do atual mandatário da OAB está fincado em três pontos que são fundamentais para o advogado: a proatividade, a defesa das prerrogativas dos advogados e a representatividade da instituição.

O vergonhoso discurso não encontrou apoio nem dos seguidores dele nas redes sociais, pois, apesar de ter postado o vídeo na manhã de hoje, até o final o final do dia, a publicação havia alcançado apenas 6 curtidas, dois comentários – sendo do próprio titular do perfil – e 45 visualizações. O material sequer tinha sido compartilhado por algum dos amigos ou integrantes do “Repense OAB”, dando a entender que nem mesmo os aliados concordam com a opinião daquele que se intitula como ‘líder’ do grupo.

A opção dos causídicos em não dar apoio ao discurso de Blume pode ter surpreendido os membros de sua corrente, mas não causou surpresa entre os advogados. A principal leitura que se faz é a de que o ‘advogado-procurador-juiz’ não é um militante e por isso acabou virando chacota na classe.

Para a maioria dos profissionais da advocacia, os pontos levantados por Blume para defender Thiago foram justamente os que a atual gestão da OAB mais deixaram a desejar. Não há proatividade dos dirigentes e já tem um bom tempo que a instituição deixou de ser representativa.

Para achincalhar ainda mais a situação, a defesa da ‘prerrogativa’ da qual Blume diz que Thiago foi defensor, contrasta com a realidade atual. Prova disso foi bate-boca recente que envolveu o juiz Gilberto Moura, da 2ª Vara do Tribunal do Júri do Maranhão, com o advogado Frederico Carneiro durante uma audiência. Num momento da discussão, o defensor pedia que o magistrado tratasse ele e o promotor do caso com imparcialidade, mas juiz – que foi colega de magistratura de Blume – respondeu: “Aqui não tem imparcialidade, não”. Uma semana se passou e até hoje não houve nenhuma manifestação por parte da entidade.

PROVA DA REALIDADE

A situação foi tão crítica, mas tão crítica, que o advogado Gustavo Henrique Brito de Carvalho, que presidia a Comissão de Direitos e Prerrogativas da OAB-MA, uma das mais importantes da instituição e que atuam em defesa da classe, renunciou ao cargo em um comunicado protocolado na seccional maranhense da entidade.

Para justificar seu desligamento do colegiado, Gustavo de Carvalho alegou motivo de foro íntimo. No entanto, nos bastidores, pessoas próximas a ele, alega que teria culpado a “omissão” do presidente Thiago Diaz no combate a violações de prerrogativas.

PHOTO-2018-09-28-11-29-25

Se para Sócrates a verdade está ligada à sabedoria humana, o discurso verdadeiro, segundo Platão, é aquele que diz como as coisas são, pois contra fatos não há argumento! Admitir nossos erros, embora possa parecer fraqueza, é um sinal de força – e às vezes a única esperança de resgatar o respeito de alguém.

Um respeito que Thiago não goza mais da classe e nem do seu antigo grupo. Hoje, por exemplo, para conseguir montar uma chapa, o mandatário teve que chamar advogados que mantem empresas ou institutos com contratos na OAB e buscou reforço de colegas que um ano é procurador, no outro é juiz e nas horas vagas vira escritor. Essa OAB não é a que a classe espera que vai fazer as mudanças necessárias!

ASSISTA AO DISCURSO FORA DA REALIDADE

Condenado por torturar a mãe morre após passar mal na prisão

Roberto estava preso na Penitenciária Regional de São Luís após ser flagrado em uma série de vídeos agredindo a própria mãe

Roberto estava preso na Penitenciária Regional de São Luís após ser flagrado em uma série de vídeos agredindo a própria mãe

Roberto Elísio Coutinho de Freitas, o bacharel em direito que foi flagrado em uma série de vídeos agredindo a sua própria mãe, uma idosa que tinha 84 anos, morreu na tarde desta segunda-feira (24), no Socorrão 2, em São Luís.

O caso aconteceu em julho de 2017. Após o ocorrido, Roberto foi preso e depois condenado a 10 anos de reclusão na Penitenciária Regional de São Luís (PRSLZ) pelos crimes de tortura, apropriação indébita e por retardar a assistência à saúde da vítima. O réu também foi condenado a pagar R$ 2 milhões como efeito da condenação pelos danos causados a sua mãe.

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Roberto estava preso em cela destinada a internos com curso superior, onde sentiu um mal-estar. A Seap diz que ele foi atendido pela equipe de segurança interna prisional e levado ao Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão 2), onde faleceu. A Secretaria não informou a causa da morte.

Em maio de 2017, Roberto Elísio foi preso em uma residência no município de Raposa, na Região Metropolitana de São Luís, depois que os vídeos que mostram ele agredindo a mãe viralizaram nas redes sociais. Os vídeos foram gravados pela ex-mulher dele.

PF deflagra operação e faz buscas na casa da ex-prefeita de Açailândia

A Polícia Federal realizou hoje (25) buscas na casa da ex-prefeita Gleide Santos, de Açailândia.

A ação faz parte da Operação Patranha, com a finalidade de dar cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão e um Mandado de Constatação, requisitados pelo Ministério Público Federal (MPF) numa ação penal que apura práticas de crimes licitatórios na Prefeitura de Açailândia, durante a gestão de 2013/2015.

Além de Açailândia, os federais cumpriram mandados em Imperatriz, Lago do Junco e em São Luís.

Sousa Neto desiste de candidatura à reeleição

O deputado estadual Sousa Neto (PRP) anunciou hoje (25) que não é mais candidato à reeleição para uma vaga na Assembleia Legislativa.

Por meio de um vídeo, ele reclamou de falta de apoio, mas garantiu que seguirá na campanha pela eleição da ex-governadora Roseana Sarney (MDB).

“Vim para a campanha e infelizmente constatei que nosso grupo não está me apoiando. Ninguém faz campanha sozinho”, declarou.

Veja:

 

Ricardo Diniz propõe um amplo debate sobre acessibilidade

Ricardo Diniz afirma que acessibilidade precisa sair do papel e se tornar realidade.

O vereador Ricardo Diniz (PRTB) manifesta sua preocupação com a falta de acessibilidade e de respeito que afeta idosos, grávidas, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. “A sociedade deve ser planejada e adaptada para todos os cidadãos e cidadãs. Dessa forma pessoas com deficiência, gestantes e idosos precisam ter o direito de ir e vir garantido”, afirmou o parlamentar.

Para Ricardo Diniz a acessibilidade precisa sair do papel e se tornar realidade. “As cidades precisam ser pensadas para as pessoas com limitações para se locomover. As adaptações devem ser feitas em calçadas, praças, ruas, prédios públicos e particulares. É necessário estimular o respeito ao próximo”, citou.

O vereador quer estimular o debate sobre a acessibilidade e os atendimentos prioritários com objetivo de ouvir sugestões e apresentar propostas ao poder público. “Precisamos garantir os direitos da pessoa com deficiência que, como todos os cidadãos, pagam seus impostos e lutam por dignidade e igualdade”, concluiu Ricardo Diniz.

Nova FM estreia programação na próxima segunda-feira (24)

C3871AA7-43E4-4335-89FA-9127CEC6F923-300x225

A Nova FM 93,1 está pronta para estrear sua programação é a primeira rádio 100% digital do Maranhão. Nesta sexta-feira (21), a diretora-presidente Paulinha Lobão e o diretor-geral Nilo Gomes, apresentaram em um programa especial, a equipe que estreia na próxima segunda-feira (24), trazendo o melhor do jornalismo e entretenimento.

“A Nova está pronta para decolar. Trouxemos os melhores profissionais, investimentos em equipamentos de ponta e temos a mais avançada tecnologia do rádio”, destacou Paulinha Lobão.

Completando o raciocínio da diretora-presidente, Nilo Gomes disse que a Nova FM trará algo totalmente diferente do rádio no Maranhão. “Teremos uma programação que vai trazer informação com seriedade, entretenimento com bom humor, músicas do momento, o flashback e uma programação repleta de DJs internacionais”, anunciou o diretor-geral.

A programação da Nova FM contará com o jornal Nova Manhã, a partir das 6h da manhã de segunda a sábado com Andrezza Cerveira, Diego Emir e Osvaldo Maia. Assim como a partir das 9h, Silvana Lobato comanda o Happy Day com os sucessos da cena musical atual.

Nilo Gomes comanda o Vale a pena ouvir de novo às 12h, tocando os melhores flashbacks. A partir das 14h tem estreia no rádio do Maranhão, Tatiana Lobão e Paulo Duarte, o DJ The Paul, comandam o Megahits, com superdicas de saúde, comportamento e claro muita música.

Paulinha Lobão comanda o programa Algo Mais a partir das 16h até às 18h. Até às 19h, Osvaldo Maia traz as principais informações do dia com o Passando a Limpo.

Na programação noturna, antes da Voz do Brasil que vai ao ar às 21h, terá o Walter Júnior com o The Flash. Na madrugada da Nova FM terá o Clube da Insônia, para quem quiser uma companhia agradável.

Aos fins de semana, uma programação especial com muita música vai animar os ouvintes, dentre eles o Clube Pool Party com DJ Henrique Carvalho.

A Nova FM 93,1 chega forte e ampliando a fronteira do segmento de rádio no Maranhão.

A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante

A partir deste sábado (22), candidatos a cargos eletivos nas eleições de outubro não poderão ser presos, a menos que seja em flagrante. A Lei Eleitoral veda prisões nos 15 dias anteriores à eleição. Após o primeiro turno, no dia 7 de outubro, a restrição valerá apenas para os candidatos que forem disputar o segundo turno.

A Lei Eleitoral também proíbe a prisão de eleitores, mas somente cinco dias antes do pleito, ou seja, a partir de 2 de outubro, os eleitores só podem ser presos em flagrante ou para cumprir sentença condenatória por crime inafiançável. A regra vale até 48 horas após a votação.

O Artigo 236 do Código Eleitoral diz que: “Nenhuma autoridade poderá, desde cinco dias antes e até 48 horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto”.

O juiz eleitoral ou até o presidente da mesa receptora de votos pode expedir a salvaguarda em favor do eleitor que sofrer qualquer tipo de violência na sua liberdade de votar, ou pelo fato de já haver votado. Quem desrespeitar essa garantia pode ser preso por até cinco dias.

Calendário

Neste sábado deve ser divulgado o quadro geral de percursos e horários programados para o transporte de eleitores para o primeiro e eventual segundo turnos de votação.

Hoje é o último dia para os partidos políticos, as coligações, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o Ministério Público e as pessoas autorizadas em resolução específica impugnarem os programas a serem utilizados nas eleições de 2018, por meio de petição fundamentada.