Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Honorato Fernandes lança pré-candidatura à deputado estadual, na Baixada Maranhense

Honorato Fernandes lança pré-candidatura a deputado na cidade de Viana. (1)

O vereador e presidente do PT de São Luís, Honorato Fernandes realizou no último domingo, (05), o lançamento de sua pré-candidatura à deputado estadual, na cidade de Viana. Realizado no Sítio da Suely, o evento contou com a presença de militantes, dirigentes e candidatos petistas, membros e lideranças de movimentos sociais e sindicais, além de lideranças comunitárias da região e sociedade civil.

A tônica do discurso de todos que se pronunciam durante o lançamento, além do apoio ao projeto de Honorato rumo ao Legislativo Estadual, foi a defesa da liberdade e da candidatura do ex-presidente Lula.

Presente no evento, a pré-candidata à deputada federal também pelo PT, a professora Fran, do município de Santa Luzia, destacou o compromisso de Honorato com as causas populares e com a luta em defesa de Lula.

“Nós de Santa Luzia apoiamos este projeto de Honorato Fernandes por reconhecer no mandato que exerce como vereador da Capital, um mandato de participação popular. Acompanhamos a luta que ele vem travando para levar o debate acerca da defesa da democracia e do nosso presidente Lula, fazendo do seu mandato uma extensão do mandato e dos ideais do nosso líder maior, nosso presidente Lula”, destacou.

Francimar Melo, secretário de Organização Estadual do PT- MA, questionou o que denominou de “incoerência” de todos os trâmites jurídicos que levaram o ex-presidente Lula à prisão, bem como as medidas que vêm sendo adotadas pelo governo Temer, como a reforma trabalhista e a reforma da previdência, que colocam em cheque direitos adquiridos pela classe trabalhadora durante os governos do PT. Por fim, o secretário destacou a necessidade de unidade de todas as forças petistas como forma de enfrentamento à atual conjuntura.

O professor Marcone Velozo, apoiador do projeto de candidatura de Honorato e organizador do evento, destacou a importância da candidatura do Honorato, face à atual conjuntura política e justificou o apoio ao candidato.

“Nosso País vive um momento perigoso, pois estamos na eminência de ver o Estado democrático de direito ser extinto. Por isso, mais do que nunca, precisamos apoiar líderes comprometidos com os princípios democráticos, com a luta pela retomada de uma sociedade mais igualitária e menos desigual. E é por enxergar todos esses requisitos no Honorato Fernandes que eu manifesto meu apoio ao seu projeto de candidatura à deputado estadual”, declarou o professor.

Vereador de segundo mandato e único representante do PT no Legislativo Municipal, Honorato finalizou as falas, afirmando que aceitou o desafio da candidatura à deputado estadual, no intuito de ajudar o projeto da legenda de ampliar a representação nos legislativos.

“Aceitei o desafio da candidatura à deputado estadual após deliberações internas da corrente que integro no PT, a qual, visando o fortalecimento da atuação do partido, sobretudo, nos parlamentos, acabou sugerindo meu nome para a Assembleia”, explicou Honorato, que seguiu seu discurso destacando a necessidade de união de todos que acreditam e lutam pela liberdade e pela candidatura do ex-presidente Lula, preso de forma arbitrária, segundo o candidato.

“Precisamos nos unir e fazer ecoar aos quatro cantos desse País, que o povo quer é o Brasil feliz de novo com o nosso presidente Lula de volta. E que nossa defesa pela liberdade e pela candidatura do Lula não é infundada, pois, até hoje, não existem provas contra o nosso presidente, preso de forma arbitrária”, disse.

Concluindo o discurso, Honorato destacou as políticas e programas implementados nos governos petistas, alegando serem estes os “crimes” cometidos pelo ex-presidente, segundo a visão dos seus oposicionistas, que, de acordo com o candidato, só almejam a manutenção do status quo.

“Nosso presidente é sim um preso político, cujo crime cometido foi qual? Ter tirado o país da miséria e do mapa da fome, através do Bolsa Família e do Fome Zero? Ter dado oportunidade para o filho do pobre frequentar uma universidade e até estudar no exterior, através do ProUni e do Ciência Sem Fronteiras? Ter realizado o sonho da casa própria de milhões de brasileiros, através do Minha Casa Minha Vida? Ter levado o bico de energia pra quem mora nos confins desse Brasil, através do Luz Para Todos? É, pra eles lá de cima que têm medo de enfrentar o nosso presidente nas urnas, foram esses sim os crimes cometidos pelo nosso presidente. Porque, para eles, não existe esse papo de pobre subir na vida. O rico nasce rico e morre rico e o pobre nasce pobre e deve morrer pobre, porque nasceu para ser explorado pela elite. É a famosa manutenção do status quo”, concluiu Honorato.

Category: Uncategorized

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*