Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Documentos mostram envolvimento do presidente do Crea-MA na instalação do parque que matou uma pessoa em São Luís

Documentos aos quais o blog teve acesso com exclusividade mostram o envolvimento do presidente do Crea-MA, Cleudson Campos Anchieta na instalação “Golden Park” em que a senhora Luzivânia Brito, de 39 anos, morreu após ter sido arremessada de um dos brinquedos, no mês passado. Cleudson foi quem autorizou o funcionamento do parque.

Formulário da ART assinado pelo presidente do Crea, Cleudson Campos

Com a repercussão do acidente, a superintendente do Crea, Rita de Cassia Neiva Cunha, chegou a divulgar nota de esclarecimento no site da instituição negando a participação do presidente do órgão na emissão da ART [Anotação de Responsabilidade Técnica] autorizando o “Golden Park” de se instalar na capital maranhense.

Após pagamento de taxa, Cleudson obteve formulário definitivo da ART

– Quanto a ART nº 00011010856495059510 veiculada no jornal Bom dia Mirante, não foi assinada pelo engenheiro Mecânico Cleudson Campos Anchieta, em função da direção do Golden Park não ter oferecido as informações conclusivas para efetivação do procedimento, para a assinatura definitiva da ART original – diz trecho da nota retirada do ar minutos depois.

Em nota publicada no site do Crea, superintendência do órgão chegou a negar envolvimento do presidente da autarquia. Horas depois, esclarecimento foi retirado do ar

No entanto, na semana passada em entrevista à imprensa, Cleudson Campos desmentiu Rita de Cassia, afirmou que não teve culpa pelo acidente no parque, mas reconheceu que assinou um formulário de uma das ARTs.

VERDADE DOS FATOS
Os documentos obtidos pelo blog mostram que além de assinar a ART definitiva [com o código de barra], Campos também estaria usando sua função de presidente para lhe favorecer como profissional liberal. Ou seja, Cleudson foi contratado como profissional liberal pelo parque de diversões e registrou no CREA-MA [órgão do qual é presidente], a ART nº 00011010856495059510 pelos serviços de montagem das estruturas metálicas e brinquedos incluindo o brinquedo ‘Polvo’ do “Golden Park”, declarando as datas de 22/06/2015 a 20/09/2015 como período de duração das atividades técnicas contratadas.

COMO É O PROCEDIMENTO?
Desde o final de 2011, os documentos de responsabilidade técnica são preenchidos e registrados diretamente pelos engenheiros e técnicos no Sistema Eletrônico do CREA, através de senha pessoal e intransferível, sem necessidade de impressão de papel e assinatura física. A finalização do registro da ART ocorre com o pagamento da taxa que é repartida entre o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) e a Caixa de Assistência dos Profissionais (Mútua).

Cleudson Campos Anchieta foi apontado como responsável pela morte de Luzivânia Brito, pois ele teria autorizado o funcionamento do parque por meio da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), enquanto, que o Instituto de Criminalística (Icrim) emitiu laudo atestando que o brinquedo não apresentava as condições adequadas para funcionamento e utilização. Mas esse não seria o primeiro caso envolvendo o presidente do Crea. Como já existe uma denúncia na Policia Federal para investigar a emissão de documentos no órgão é bem provável que venha surgir mais irregularidades que podem complicar ainda mais a situação do atual dirigente da autarquia.

ESQUEMA EM FAMÍLIA
Nos documentos aos quais tivemos acesso, observamos a ligação entre a técnica em meio ambiente, Aurilene Barros e o técnico em eletromecânica, Silvio Murilo Pereira Silva. Ambos são casados e foram arrolados ao caso por assinarem os laudos autorizando o funcionamento do Golden Park. As informações revelam indícios de um suposto esquema familiar que estaria ocorrendo no Crea. O blog tentou contato com o casal de técnico, mas até o fechamento desta edição eles não foram localizados.

Técnica em segurança também assinou ART que autorizou instalação de parque

Técnico em eletrotécnica, com mesmo enderenço da técnica de segurança, também assinou ART do Golden Park

AFASTAMENTO DO CREA
Pressionada por causa da repercussão nacional do escândalo, a Associação dos Engenheiros Agrônomos do Maranhão (Aeama) já pediu o afastamento imediato do engenheiro Cleudson Campos Anchieta da presidência do CREA-MA após a morte de Luzivânia Brito e também pelo esquema de venda de ARTs na porta da instituição noticiado recentimente na imprensa nacional.

Category: Uncategorized

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*