Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Confea abre sindicância para apurar corrupção no Crea-MA‏

Do blog da Dalvana Mendes

O Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), criou uma comissão interna para investigar no âmbito administrativo possíveis atos de improbidade durante a gestão do presidente do Conselho Regional de Engenhara e Agronomia (Crea-MA), engenheiro mecânico Cleudson Campos de Anchieta, que juntamente com oito engenheiros, está sob investigação da Polícia Federal por causa de um suposto esquema de corrupção na emissão de documentos junto ao Crea-MA.

Engenheiro mecânico Cleudson Campos de Anchieta reconhece que assinou um formulário de uma das ARTs (Foto/Divulgação)

Segundo informações obtidas junto ao site do Confea, a decisão foi tomada durante uma plenária do colegiado. A comissão especial deve verificar se houve infração ao Código de Ética na emissão de Anotações de Responsabilidade Técnica (ART) para o funcionamento de um parque de diversões onde uma mulher morreu em setembro. Na matéria veiculada na mídia nacional, o presidente do Crea diz que não tem culpa pelo acidente no parque, mas reconhece que assinou um formulário de uma das ARTs. No entanto, documentos obtidos pelo blog mostram que além de assinar a ART definitiva [com o código de barra], Campos também estaria usando sua função de presidente para lhe favorecer como profissional liberal.

A comissão que deve desembarcar em São Luís na próxima semana, será composta por três Conselheiros Federais, onde terão apoio do assessoramento da Procuradoria Jurídica do Confea no desenvolvimento dos trabalhos. Em seguida, a comissão deve apresentar ao Plenário do Confea o respectivo relatório conclusivo no prazo de 30 dias, a contar da respectiva instalação.

Na Ata que originou a abertura da sindicância ao qual o BLOG teve acesso, os próprios profissionais de engenharia exigiram a instauração do processo administrativo contra o presidente da autarquia e averiguar as diversas irregularidades, onde querem punição pelos responsáveis.

—  Nós profissionais registrados nesse Conselho, esperamos que os responsáveis sejam punidos e o Confea venha reerguer nossas profissões no estado do Maranhão, uma vez que nossa classe se encontra abalada moralmente por esse ato isolado do Presidente do Crea/MA, — diz  trecho do documento.

— Estamos sendo achincalhados pela sociedade, visto que autoridade máxima do sistema, o Presidente do Crea-MA, em sua falta de compromisso profissional, nos colocou em difícil situação perante todos, pois estamos sendo taxados de profissionais sem ética profissional, “canetinha” e comparados com outros profissionais “que só pensam em dinheiro”, esses adjetivos, Presidente do Confea, nos mostram a decadência da atual administração do Crea-MA —  completou documento.

Category: Uncategorized

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*