Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Coluna Fatos & Noticias, do Atos e Fatos, desta terça-feira

RESPIRAR UM POUCO
O primeiro repasse de junho do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) caiu na sexta, 9, na conta das prefeituras maranhenses. A notícia animou os gestores. Tem ainda o extra do FPM para o mês de julho. Algumas prefeituras poderão respirar um pouco nos próximos dias.

VAI TER CANDIDATOS   
Mesmo com a prisão do presidente na 4ª fase da Operação Sermão aos Peixes intitulada Operação Rêmora, o Partido Social Democrata Cristão (PSDC) já sinalizou que lançará apenas candidatos proporcionais nas eleições do ano próximo. Até o momento, a legenda tem 15 nomes na disputa pelas vagas da Assembleia. Quanto à chapa de federal, a legenda ainda não apresentou um prognostico dos nomes.

CONDENADO A RESSARCIR
Ainda repercute em Presidente Juscelino a condenação do ex-prefeito José Carlos Vieira Castro, pela 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), por ato de improbidade administrativa. Ele terá que ressarcir integralmente R$ 44.248,50 aos cofres públicos e pagar multa equivalente a três vezes o salário que recebia quando ocupava o cargo.

PREPARANDO A VOLTA          
O deputado Wellington do Curso (PP) é um dos parlamentares com grande chance de retornar à Assembleia na próxima legislatura. Tem feito um bom mandato. Cresceu muito no último ano.

MAL AVALIADO        
Caso o prefeito Edivaldo Holanda Júnior mantenha esse ‘ritmo de trabalho’ que adotou desde o primeiro dia desta sua segunda administração poderá não chegar ao final do seu mandato por ser um dos gestores municipais com uma das piores avaliações do estado.

CIUMEIRA POLITICA        
A pré-candidatura do ex-prefeito de Miranda, Júnior Lourenço, tem causado a maior ciumeira entre alguns deputados federais. Não estão satisfeitos com a pretensa campanha. O primeiro que revelou essa insatisfação foi o deputado federal André Fufuca (PP) que perdeu apoios em Barreirinhas, Presidente Dutra e Pindaré-Mirim.

ALTERAÇÃO DE NOME
A prefeita de Bacabeira, Fernanda Gonçalo (MN), sancionou o Projeto de Lei nº 009/2017, que altera a denominação da Escola Municipal “Antônio Canuto Pereira”, no povoado Vila Cearense, para “Ana Beatriz Lopes Silva”. A legislação cumpre determinação judicial, decorrente da Ação nº 380/2005 que proíbe o nome de pessoas vivas em prédios públicos. A homenageada era estudante da unidade de ensino e foi vítima de um trágico acidente ocorrido, em 2015, quando retornava da escola para casa às margens da BR – 135.

CAMBALEANTE
Ainda que absolvido no julgamento do Tribunal Superior Eleitoral, o presidente pemedebista Michel Temer perdeu força no Congresso e conseguiu, com as reformas que propôs, aumentar ainda mais a desaprovação popular ao seu governo. Temer, portanto, se de fato chegar ao final do mandato, o fará mais cambaleante do que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) em alguns vídeos que podem ser acessados no Youtube.

CELEBRIDADE
A política, aliás, anda de tal forma que os eleitores acabaram por transformar o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) em uma celebridade. Com 27 anos de parlamento, não se tem notícia de que ele tenha feito algo de relevante. Ainda assim, é o nome que desponta em meio ao caos político em que se transformou o Brasil.

SALTO ALTO
No clima do “já ganhou”, do “salto alto”, do “não tem pra ninguém”, o deputado federal Weverton Rocha (PDT), pretenso candidato a uma das vagas do Senado em 2018, insiste em ignorar o aviso daqueles cujo bom senso lhes recomenda cautela. É que, como diz o ditado, a prevenção e o caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

NOME NOVO
O advogado Jorge Arturo, vice-presidente nacional do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), está decidido a concorrer a uma vaga de deputado estadual nas eleições do ano que vem.

CHANCE ELE TEM
A julgar por suas qualificações profissionais, e também pela tendência do eleitorado de um modo geral em repudiar os políticos carreiristas, não é exagero nenhum afirmar que Arturo terá chance de se eleger. O único problema que pesa contra ele são denúncias sobre irregularidades em pagamentos de precatórios junto a Secretaria de Estado da Fazendo (Sefaz).

Category: Uncategorized

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*