Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Em carta-despedida, Mariano de Castro confirma autoria de manuscrito com denúncia

 Nela, o médico – acusado pela Polícia Federal de ser o operador do esquema que desviou mais de R$ 18 milhões da Secretaria Estadual de Saúde (SES) - confirma que é autor da carta anterior que seria uma espécie de delação. (Foto: Divulgação)


Nela, o médico – acusado pela Polícia Federal de ser o operador do esquema que desviou mais de R$ 18 milhões da Secretaria Estadual de Saúde (SES) – confirma que é autor da carta anterior que seria uma espécie de delação. (Foto: Divulgação)

A carta despedida do médico Mariano de Castro, encontrado morto na última quinta-feira, 12, em um apartamento em Teresina, Piauí, foi divulgada nesta terça-feira, 17. Nela, o médico confirma a autoria da carta que detalhe o esquema de desvio de saúde no Maranhão.

Esta carta despedida de Mariano de Castro foi encontrada pela Polícia Civil do Piauí. Trechos dela já vinham sendo comentado por amigos e familiares do médico. Na manhã desta terça-feira, 17, o blog Atual 7 trouxe a carta-despedida completa.

Nela, o médico – acusado pela Polícia Federal de ser o operador do esquema que desviou mais de R$ 18 milhões da Secretaria Estadual de Saúde (SES) – confirma que é autor da carta anterior que seria uma espécie de delação.

“Foi boa a carta porque expôs a verdade. E mostra o quanto sofri fazendo o que era errado […] espero que Deus perdoe os meus pecados”, disse Mariano de Castro.

Sobre a quem ele entregou a primeira carta, escrita ainda quando ele estava em prisão preventiva em Pedrinhas, Mariano relata que a um advogado chamado Zé Carlos.

O médico escreve ainda que não queria voltar para penitenciária e diz que com o conteúdo da carta entregue ao advogado, a situação dele se complicava ainda mais e, por isso, não queria mais “dá trabalho” aos seus familiares.

Category: Uncategorized

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*