Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Maranhão registra 20 casos de feminicídio em 2018

Em 2018, 20 casos de feminicídio foram registrados já no Maranhão, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Os dois últimos casos foram em São Luís e Imperatriz. Mulheres foram mortas por ex-namorados. Em 2017, a SSP registrou 50 casos de crimes de feminicídio.

Em São Luís, pelas informações de familiares e apuração policial, o sargento da Polícia Militar Marcos Vinícius Gomes Costa, de 43 anos, atraiu sua ex-namorada Marcele Cardoso da Silva, de 26 anos para a casa onde estava morando, na Cohab, em São Luís, na noite de quarta-feira (6) e lá matou a vítima e depois se matou. Os corpos foram encontrados por parantes dos dois na manhã de quinta-feira (7).

“Nós ainda não temos conhecimento sobre a motivação, se foi ciúmes, se foi não aceitação de término de relacionamento. Tudo isso ainda vamos investigar. E ao final, possivelmente, iremos sugerir o arquivamento tendo em vista a morte do autor”, disse a delegada do departamento de Feminicídio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Em Imperatriz, outro caso de feminicídio começou a ser esclarecido pela Polícia Civil, também nessa quinta-feira. Gabriel Everton Fontes da Silva, de 19 anos, é apontado pela polícia como autor do homicídio contra sua ex-namorada, identificada como Érica. Ela estava desaparecida desde domingo e na quinta-feira, o delegado Eduardo Galvão informou que Gabriel da Silva confessou o crime e disse onde escondeu o corpo da vítima. Ele foi autuado por feminicídio e ocultação de cadáver.

“Nós vamos fazer uma varredura no local com ele. As imagens são muito claras. Não há dúvida de que ele é o autor do crime”, afirmou o delegado Eduardo Galvão.

Gabriel foi preso pela Polícia Militar depois que supostas fotos do momento da execução de Érica circularam pelas redes sociais. Os policiais afirmam que nas fotos aparece uma mão apontando para a vítima. Nesta mão há uma tatuagem igual a que Gabriel tem. O inquérito ainda não foi concluído.

Category: Uncategorized

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*