Vereadora pode ser cassada por excesso de faltas

Spread the love

A presidente da Câmara Municipal de Lago da Pedra, vereadora Lorena Rodrigues, abriu ontem (24), processo administrativo que pode culminar com a cassação do mandato da também vereadora Wanessa Morais, por excesso de faltas.

O Legislativo municipal exige que seus membros participem de pelo menos 1/3 das sessões ordinárias em cada sessão legislativa.

Wanessa ultrapassou esse limite. E não justificou muitas das faltas.

De acordo com o edital de notificação a que o blog teve acesso, a vereadora tem cinco dias para apresentar defesa.

Godofredo Viana

O caso da vereadora Wanessa Morais é semelhante ao do vereador Junior Matos, de Godofredo Viana.

Ele foi cassado por excesso de faltas, tentou voltar ao mandato por decisão judicial, mas ainda não conseguiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *