Isaías Rocha

Compromisso com a verdade, compromisso com você

Isaías Rocha - Compromisso com a verdade, compromisso com você

Acidente com micro-ônibus de Bacabeira deixa quatro mortos no Araçagy

Segundo testemunhas, veículo teria atingido algumas pessoas que estavam na orla. (Foto: Nelson Melo / Divulgação)

Um acidente envolvendo um micro-ônibus na orla da praia do Aracagy deixou quatro pessoas mortas e 15 feridos na manhã deste sábado (9), em São José de Ribamar, Região Metropolitana de São Luís. Segundo testemunhas, o motorista perdeu o controle do veículo.

De acordo a polícia, o veículo com placa do município de Bacabeira, a 58 km de São Luís, teria vindo do interior do estado com um grupo de pessoas para um dia de lazer na Praia do Aracagy. Após o acidente, o motorista do veículo fugiu. Dos quatro mortos estão duas crianças com idades entre dois e oito anos, um adolescente e uma idosa.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros realizam o socorro das vítimas. Os feridos foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Aragaçy. Os corpos das vítimas fatais foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) em São Luís. Ainda não foram identificados os nomes das vítimas e dos feridos no acidente.

Hilton Gonçalo segue com o programa “Nossa Casa” em Santa Rita

Um dos principais problemas do Maranhão e do Brasil ainda é o déficit habitacional, porém em Santa Rita essa realidade vem sendo modificada pela Prefeitura. Através do programa “Nossa Casa”, retomado no início desse ano, o prefeito Hilton Gonçalo promoveu a entrega de mais de 75 moradias populares nas últimas semanas.

De acordo com informações fornecidas pelo prefeito Hilton Gonçalo no total já foram 273 casas entregues a população, o que vem ajudando a reduzir drasticamente o déficit habitacional em Santa Rita.

“O programa ‘Nossa Casa’ foi idealizado por causa da necessidade de habitações tanto na sede quanto em comunidades rurais, ainda existem muitas famílias vivendo em casas de taipa”, declarou Hilton Gonçalo.

O desenvolvimento do programa “Nossa Casa” visa beneficiar principalmente a população dos povoados mais distantes da sede do município, aquelas que se encontram na região dos campos. No total dessa nova fase do programa, 17 povoados foram beneficiados.

“Eu vivi boa parte da minha infância em uma casa de taipa, por isso, conheço de perto as dificuldades e a angústia das famílias que ainda não dispõe de moradia digna. O programa de habitação “Nossa Casa” foi a proposta de governo número 2 e agora nesse novo mandato já começo a cumprir. Na minha primeira passagem pela Prefeitura de Santa Rita consegui reduzir o déficit habitacional em Santa Rita, vejo que esse déficit aumentou por conta da paralisação do programa nos últimos quatro anos, por isso, a meta agora é deixar próximo de zero o número de casas de taipa”, finalizou.

O programa “Nossa Casa” – O programa Nossa Casa é um projeto que visa contemplar famílias de baixa renda que ainda não dispõe de moradia digna, por esta razão, prevê a troca de casas de taipa por casas de alvenaria e a construção para quem dispõe apenas do terreno, e tudo feito com recursos próprios. A mão-de-obra empregada é toda de Santa Rita, gerando emprego e renda para a população.

O programa já funcionou nas duas últimas gestões de Hilton Gonçalo e em 2012 reduziu o déficit habitacional em 80% construindo cerca de 3 mil habitações em todos os povoados e sede do município. Hilton Gonçalo também agregou ao programa “Nossa Casa” o programa de distribuição de terras, e em 2012 distribuiu centenas de títulos de terra com a criação de dois novos bairros na sede do município.

Moradias populares entregues: 5 casas no povoado Rancho Papouco; 5 casas no povoado Areias; 3 casas no povoado Cai Coco; 4 casas no povoado Cariongo; 4 casas no povoado Conduru; 6 casas no povoado Enfezados; 8 casas no povoado Juçara; 1 casa no povoado Marengo; 4 casas no povoado Santiago; 4 casas no povoado Veneza; 6 casas no povoado Porto Alegre; 2 casas no povoado Placa de Recurso; 4 casas no povoado Palmeiras; 3 casas no povoado Pedreiras; 5 casas no povoado Olho D´agua; 3 casas no povoado Nova Vida e 8 casas no povoado Sítio do Meio.

Após guinada, Brandão diz que vai “reavaliar permanência” no PSDB

O vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, emitiu ontem (8) uma espécie de carta ao tucanato maranhense na qual praticamente confirma sua saída do PSDB.

Ele não admite a saída com todas as letras, mas deixa claro que irá “reavaliar” sua “permanência permanência como filiado ao partido” em virtude da determinação da sigla de não estar aliado, em nenhum estado, a projetos de esquerda.

“Entendo que o PSDB nacional, avaliando o quadro que se apresenta quando se pensa nas eleições presidenciais de 2018, não queira proximidade com qualquer possível aliado de esquerda. Respeito essa avaliação, muito embora considere que a situação no Maranhão seja diferente. Ainda mais quando já garanti à executiva nacional que, sob minha condução, o PSDB/MA defenderia e iria às ruas empunhando a bandeira do candidato a presidente determinado pelo partido, como fiz em 2014”, diz a nota.

Leia abaixo a íntegra.

Olá, amigos!

Quando assumi o PSDB maranhense, tinha uma meta a cumprir. E tenho certeza absoluta de que a cumpri. Hoje, o PSDB/MA está estruturado em todo o estado, e conta com 30 prefeitos, 30 vice-prefeitos, mais de 160 vereadores, deputados estaduais e inúmeras lideranças de peso. Não foi fácil, mas com organização e muito compromisso, conseguimos transformar o nosso partido no segundo maior do Maranhão.

Relembro, contudo, o que antecedeu todo este sucesso. Em 2014, como parte de uma aliança que reuniu nove partidos, fui eleito vice-governador na chapa do governador Flávio Dino. Na nova função, tenho trabalhado bastante pelo crescimento de nosso estado. Quando defendo que continuemos fazendo parte da aliança, o faço pela convicção de que a condução do governo está sendo a melhor para o Maranhão. Não tem nada de pessoal nisso. Continuar o projeto que vem sendo executado, na minha visão, seria o melhor para o partido e para seus integrantes.

No entanto, entendo que o PSDB nacional, avaliando o quadro que se apresenta quando se pensa nas eleições presidenciais de 2018, não queira proximidade com qualquer possível aliado de esquerda. Respeito essa avaliação, muito embora considere que a situação no Maranhão seja diferente. Ainda mais quando já garanti à executiva nacional que, sob minha condução, o PSDB/MA defenderia e iria às ruas empunhando a bandeira do candidato a presidente determinado pelo partido, como fiz em 2014.

Neste sábado, 9, novos membros da executiva nacional serão eleitos em Brasília. Considerando estes aspectos e diante da possibilidade da nova diretoria nacional do PSDB decidir por não continuar seguindo no Maranhão os caminhos que escolhemos seguir, resolvo reavaliar minha permanência como filiado ao partido. No momento, estou ouvindo todas as lideranças, vereadores, prefeitos, vice-prefeitos, deputados e a opinião deles será fundamental nesse processo.

Em breve, estarei reunido com grandes lideranças do PSDB maranhense, que me ajudarão a definir os novos passos. Avaliando melhor cada situação e em permanente diálogo com líderes partidários, chegamos a conclusão de que o que mais importa não é continuar uma batalha desgastante pela direção estadual de um partido, por mais emblemático e renomado que ele seja. Para nós, o que importa é termos a clareza de tomarmos uma decisão serena, conciliadora e com visão de futuro, para o bem do Maranhão.

Homem mata esposa a golpes de faca em São Luís

Um homem de 46 anos foi preso na noite dessa sexta-feira (8), por suspeita de assassinar a golpes de faca a esposa identificada como Simone Régis Sales Nogueira, de 28 anos, no bairro Liberdade em São Luís.

De acordo com a Polícia Militar, os vizinhos ao perceberem que Júlio César Santos Arouche estaria tentando assassinar a esposa, acionaram a polícia. Ao chegar no local, Simone já estava sem vida. O suspeito foi preso em flagrante e com ele foi apreendida uma faca. Ainda não há informações sobre a motivação do crime e a principal suspeita é feminicídio.

Após cometer o crime, o suspeito tentou se matar com uma facada no pescoço. Ele foi conduzido ao Hospital Djalma Marques (Socorrão I) e foi submetido a alguns procedimentos médicos. Em seguida, ele foi encaminhado à delegacia. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e não há informações onde o corpo será velado.

Fama-Pitágoras está entre as quatro melhores no ranking de aprovados da OAB

A Faculdade Fama – Pitágoras de São Luís alcançou o quarto lugar no ranking das melhores faculdades de direito do Maranhão no XXIII exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na seção Maranhão, com percentual de 21,62%, ficando atrás apenas da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), com 36,27% dos aprovados; da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (UNDB), com 39,82% de aprovados; e da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), com 52,94% de aprovados, conforme o resultado divulgado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

De acordo com as informações, os 16 alunos aprovados da faculdade pertencem ao campus do Turu. Ao todo, participam do ranking 20 instituições maranhenses de ensino superior.

CONFIRA O RANKING:

2017-11-24-PHOTO-00000184

Temer garante à Famem R$ 83 milhões extras para municípios do MA

Uma articulação nacional que contou com o engajamento da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), presidida pelo prefeito Cleomar Tema, resultou em mais uma vitória para as 217 cidades maranhenses.

O presidente Michel Temer, durante encontro realizado com gestores na noite da última quarta-feira (22), em Brasília, garantiu o repasse de R$ 2 bilhões, oriundos do Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM), para as prefeituras brasileiras.

Os recursos extras serão depositados nas contas das prefeituras neste próximo mês de dezembro por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

As cidades maranhenses, que enfrentam sérias dificuldades financeiras devido a queda das transferências constitucionais e em função do pacto federativo injusto, serão beneficiadas com um aporte da ordem de mais de R$ 83 milhões, segundo levantamento divulgado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

A divisão dos recursos do AFM, é importante destacar, obedece aos mesmos critérios utilizados pela União para repartir o dinheiro proveniente do FPM.

“Tratou-se de mais uma grande conquistas. Os municípios do Maranhão, a exemplo do que acontece em todo o Brasil, enfrentam enormes dificuldades de ordem financeira. Este recurso extra virá em muito boa hora e poderá ser utilizado pelos gestores para tentar amenizar esta grave situação de crise pela qual passamos”, afirmou Cleomar Tema.

Conquistas

O presidente da FAMEM, acompanhado de prefeitos e prefeitas de várias regiões do estado, participou ativamente da mobilização nacional promovida pela CNM na capital federal esta semana.

E obteve outras importantes conquistas para o movimento municipalista do Maranhão.

Tema, durante reunião com o presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Edson Lobão, recebeu a garantia do parlamentar de que a CCJ votará a Proposta de Emenda à Constituição nº 29/17 na próxima quarta-feira (29).

Caso seja aprovado em definitivo pelo Congresso Nacional, o dispositivo garantirá as prefeituras maranhenses um aporte financeiro de mais de R$ 157 milhões a partir do ano que vem.

Outra vitória obtida pelos gestores públicos do Maranhão tratou-se da aprovação, por parte da Câmara dos Deputados, da Medida Provisória nº 789/17, que muda os royalties da mineração.

A MP institui a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), uma espécie de fundo compensatório que auxilia os municípios, cujos territórios, são alvos de exploração mineral.

Com a aprovação da proposta, haverá uma redistribuição dos recursos arrecadados com a CFEM, que passarão a ser divididos também com cidades afetadas indiretamente pela mineração e que são cortadas por ferrovias ou portos.

Este cenário beneficia diretamente com novos recursos de participação as 23 cidades maranhenses que integram o Consórcio dos Municípios da Estrada de Ferro Carajás (COMEFC).

É importante destacar que a luta pela nova divisão dos royalties da mineração foi encampada pela diretoria do COMEFC e contou com o apoio irrestrito da FAMEM.

Ainda durante a mobilização nacional em Brasília, a caravana da Federação discutiu no Congresso Nacional e com a Bancada Maranhense em Brasília outros temas importantes, tais como prorrogação de pagamento de precatórios; atualização do piso do magistério; prorrogação do prazo para disposição final adequada dos resíduos sólidos; além da PEC nº 61/15, que permite que as emendas individuais impositivas sejam repassadas diretamente aos municípios por meio do FPM.

Júnior Lourenço é denunciado por irregularidade em contrato de eventos

A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Itapecuru ingressou, no último dia 9, com uma Denúncia contra José Lourenço Bonfim Júnior, ex-prefeito de Miranda do Norte (termo judiciário da comarca); Márcio Silva, ex-presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL) do Município; e o empresário Valderir Mendonça da Silva. Contra os três pesam acusações de irregularidades em processos de dispensa de licitação.

A empresa V. Mendonça da Silva ME foi escolhida, por dispensa de licitação, para a execução de três convênios firmados entre a Prefeitura de Miranda do Norte e o Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, para a realização do Reveillon, Carnaval e São João 2013. Os procedimentos licitatórios relativos aos convênios foram solicitados pelo MPMA, mas nunca entregues pela administração municipal.

O Ministério Público solicitou, então, informações ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão e ao Ministério Público de Contas, que encaminhou documento assinado pelo então prefeito declarando que não houve abertura de processo licitatório para a execução dos convênios.

“As irregularidades apontadas mostram a dispensa indevida do procedimento licitatório, fora das hipóteses previstas em lei, ou a não observação das formalidades pertinentes à dispensa ou à inexigibilidade”, explica a promotora de justiça Flávia Valéria Nava Silva.

Na denúncia, o Ministério Público acusa José Lourenço Bonfim Júnior, Márcio Silva e Valderir Mendonça da Silva pelo crime previsto no artigo 89 da Lei de Licitações (8.666/93), de “dispensar ou inexigir licitação fora das hipóteses previstas em lei, ou deixar de observar as formalidades pertinentes à dispensa ou inexigibilidade”, cuja pena é de detenção de três a cinco anos, mais multa.

Os três também são acusados da prática de Crime Continuado, previsto no artigo 71 do Código Penal, que prevê o aumento da pena de um sexto a dois terços.

ACP

Além da Denúncia na esfera criminal, a 1ª Promotoria de Justiça de Itapecuru-Mirim também ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra os três denunciados, que está em tramitação junto à 1ª Vara da Comarca de Itapecuru-Mirim.

Humorista Tirulipa apresenta espetáculo em Rosário- MA

O humorista Tirullipa está de volta ao Maranhão e a cidade de Rosário foi contemplada pelo show de humor do artista. A apresentação será realizada no dia 8 de dezembro, a partir das 21h, no Lava Jato Vila Pereira.

Everson de Brito Silva, mais conhecido como Tirullipa, é filho do grande humorista cearense Tiririca. A veia cômica herdada do pai foi descoberta, ainda, criança, mais precisamente aos 10 anos, pois nessa idade era fácil fazer rir imitando seu pai com o personagem Tiririca Junior, onde fez várias apresentações em programas de grande audiência como: Domingo Legal, Domingão do Faustão, Xuxa Park, Ana Maria Braga entre outros, sem falar que viajou por todo o Brasil e a América Latina.

Serviço

No espetáculo o artista apresenta os personagens Luan Santana (como Tantan Santana), Tiririca (homenagem ao pai, incluindo imitação do deputado), Naldo (como o MC Caldo), Maria Chuteira, MC Kaa e uma sátira do musical Infantil Frozen. A apresentação mistura imitações, dublagens, paródias e piadas, com classificação indicativa de 12 anos.

Ingressos

Os ingressos estão à venda na FARBRAS, CLARA MAGAZINE E NO SITE: www.ticketmais.com.br

Acadêmicos de Direito do Pitágoras fazem doação para crianças de creche

Em um gesto de solidariedade, o grupo Sorrindo Com Direitos, criado pelos alunos do 1º e 2º período de Direito da faculdade Pitágoras, doaram mais de 300 quilos de alimentos não perecíveis para a Creche Escola Sonho de Criança, no Parque Vitória, em São José de Ribamar. As doações foram arrecadadas durante a Semana Transdisciplinar, realizado pela Faculdade Pitágoras entre os dias 06 e 08 deste mês.

Sob a orientação da professora da faculdade, Nicéia Bastos, os alunos realizaram a entrega dos donativos nesta sexta-feira (24) para a entidade que atende cerca de 191 crianças, entre 5 e 7 anos, nos turnos matutino e vespertino.

“Estamos aqui para fazer essa doação dos alimentos que foram arrecadados pelos alunos da Faculdade Pitágoras. Todos estão felizes em colaborar”, disse professora Nicéia, reforçando ainda que a iniciativa dos alunos em ações como essa é poder alcançar aqueles que precisam de gesto de solidariedade.

De acordo com a Gestora da creche, Ana Patrícia, a doação foi de grande importância para a entidade. “Só temos a agradecer. A creche tem um convênio com a prefeitura, mas o repasse que é feito de ano em ano, não dar pra quase nada. Por isso essa doação é de grande importância. Só temos a agradecer”, contou.

FESTA DAS CRIANÇAS
Não é a primeira vez que o grupo Sorrindo Com Direitos, da faculdade Pitágoras, realiza ações deste tipo. No dia 21 de outubro, os acadêmicos realizaram uma ação social na creche em homenagem ao dia das crianças.

A iniciativa contou com distribuição de lanches, brinquedos, os quais foram adquiridos pelos próprios alunos por meio de doações e apresentação de teatro, encenado pelos próprios alunos, que se caracterizaram de heróis para realização da peça teatral.

Secretário de Educação de São Luís confirma 11 feridos em acidente

amu atende alunos feridos em desabamento em Sâo Luís (Foto: Divulgação)

O secretário de Educação de São Luís, Moacir Feitosa, falou sobre o acidente registrado na tarde dessa quarta-feira (22), na UEB Santa Clara, no bairro Santa Clara, em São Luís, na área da quadra poliesportiva da escola. Segundo o gestor, 11 crianças se feriram, mas nenhuma com gravidade.

Quatro crianças foram para o Hospital Clementino Moura (Socorrão II) e outros sete foram encaminhadas para o Hospital Djalma Marques (Socorrão I) e Hospital da Criança.

“Somente uma criança teve uma contusão maior, que foi um corte na cabeça. Ela recebeu pontos na área atingida, foi medicada e já está em casa. As demais, passaram por exames e nelas apenas escoriações leves foram constatadas”, disse Moacir Feitosa.

O secretário disse que a estrutura que cedeu foi uma proteção colocada próximo à quadra para evitar, no período chuvoso, que a quadra fique molhada.

“A quadra na lateral tem uma proteção, e esse material cedeu no momento que as crianças estavam brincando no pátio da escola. Não foi nem o alambrado da quadra, foi uma proteção que tinha para proteger contra chuva”, concluiu.

A área ficará isolada, mas o secretário confirmou que isso não afetará as aulas, segundo Feitosa.

Na tarde dessa quarta, logo após o acidente, pais e alunos reclamaram bastante da estrutura da escola, que em 2015 foi alvo de bandidos que atacaram o prédio e incendiaram três salas. A Prefeitura de São Luís informou que fez reformas na parte interna do prédio.