Beto das Vilas diz que sua pré-candidatura em São José de Ribamar é um apelo popular

Pré-candidato do Republicanos destacou que tem o apoio primeiro de Deus, depois o apoio do povo e afirmou que política se ganha é andando nos bairros, nas vilas.

Beto das Vilas assume pré-candidatura à Prefeitura de São José de Ribamar (Fotos: RNM Online)

Em entrevista ao programa Na Hora, da Rádio 92.3 FM, que foi ao ar nesta quinta-feira, dia 25 de junho, às 13h00, o presidente da Câmara de São José de Ribamar, vereador Beto das Vilas (Republicanos), um dos pré-candidatos a prefeito do município no pleito deste ano, garantiu que só aceitou o desafio de disputar o executivo ribamarense depois de sentir um forte apelo popular andando nos bairros, nas vilas e nos parques.

Ele foi o quarto convidado da sabatina promovida pelo portal Rádio Notícia Maranhão, em parceria com a Rádio 92.3 FM e R92.com.br. Durante a conversa, o pré-candidato do Republicanos disse que conta com o apoio primeiro de Deus, depois o apoio do povo e afirmou que política se ganha é andando nas comunidades ouvindo as demandas da população.

Beto das Vilas também destacou, entrevistado pelos apresentadores Isaías Rocha e Flavio Chocolate, que não se esconde da população e hoje se sente preparado para vencer essa batalha, pois quer administrar a prefeitura dando oportunidade ao povo da cidade, com geração de emprego e renda.

Com uma história que pode se confundir também com a realidade de muitos eleitores maranhenses e brasileiros, o entrevistado disse ainda que ao relembrar sua trajetória da vida, saiu lágrimas dos seus olhos porque só ele sabia o quanto que sofreu na vida com sua família.

Ao ser questionado sobre os paramentos de atuação no poder legislativo, o pré-candidato diz que nesses doze anos como presidente da Câmara de São José de Ribamar, nunca teve uma conta rejeitada. E que apesar das ‘fakes news’ que começaram a aparecer agora, ele tem tudo correto.

“Procuro trabalhar com uma boa equipe, formada pela competência de cada pessoa, que eu escolho dentro do município de São José de Ribamar. Ele aproveitou o espaço também para parabenizar o pequeno comerciante, pela coragem de lutar nesses tempos tão difíceis economicamente”, afirmou.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

Alegria FM nega desativação de estúdio, mas ignora sua ‘triste’ situação em Santa Rita

Informação sobre o desligamento dos equipamentos, ganhou repercussão, primeiramente em grupos de WhatsApp da região. Além disso, o portal da emissora continua fora do ar.

A direção da Rádio Alegria FM – 91.5 MHz, negou que tenha desativado seu estúdio de transmissão, localizado na Rua Eber Braga, nº 606, Centro, em Santa Rita. Curioso é que embora tenha classificado a informação sobre o fechamento de ‘fake news’, a estação ignorou sua ‘triste’ situação no município.

A rádio foi denunciada em janeiro deste ano, por operar na cidade santa-ritense usando frequência de emissora que deveria funcionar no município de São José de Ribamar. Por conta da irregularidade, a advogada Itamargarethe Corrêa Lima – que também é jornalista por formação – chegou a protocola, na Polícia Federal (PF) e na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), uma notícia-crime contra a estação, pedindo investigação imediata para apurar suposta ilegalidade que poderia causar interferências em outros canais de comunicação, como aeroporto, bombeiros, Samu, polícia e trazer prejuízos ao setor.

De acordo com as informações, a emissora até possui outorga junto ao Ministério das Comunicações, mas não teria autorização para funcionar no município santa-ritense. Embora tenha a razão social registrada como Rádio Alegria FM Comunicações Ltda. (CNPJ 26.927.770/0001-78), a Alegria FM estaria licenciada em nome de uma empresa que está inapta junto à Receita Federal, por omissão de declarações, conforme documento em anexo. Trata-se da RA Sistema de Radiodifusão Ltda. (CNPJ 01.895.225/0001-16), com endereço registrado na Rua Nossa Senhora das Graças, nº 52, Tijupá Queimado, em São José de Ribamar.

COMO O CASO REPERCUTIU?
A informação sobre a desativação do estúdio da Alegria FM, ganhou repercussão, primeiramente em grupos de WhatsApp da região. Em seguida, para constatar a veracidade do caso sobre os equipamentos da emissora que teriam sido desligados, realizamos duas consultas básicas e importantes: buscando o site da emissora e acessando aplicativo RadiosNet, plataforma que traz milhares de rádios online do Brasil.

No dia da consulta, o portal da emissora estava fora do ar e no sistema de plataformas de rádios, além de constar como desativada, o espaço dedicado à Alegria FM aparecia com a seguinte mensagem: “A rádio foi desativada por estar fora do ar ou por não existir mais”. Apesar de tudo isso, mesmo assim, a direção do veículo de comunicação preferiu chamar a informação de ‘fake news’, mesmo ignorando as informações usadas para pautar a matéria.

Após assumir liderança do PSL na Câmara, vereador Romualdo terá plataformas para divulgar o mandato

Romualdo está pronto para buscar sexto mandato consecutivo em 2020

O vereador Romualdo Oliveira assumiu a liderança do PSL na Câmara de Bacabeira, conforme anúncio feito nesta quinta-feira (25), pelo presidente do Diretório Municipal, Capitão BM Lucas Lindoso, em comunicado oficial encaminhado à Mesa Diretora da Casa.

Decano com cinco mandatos consecutivos, Romualdo estará à frente da legenda no legislativo bacabeirense até o fim desta legislatura. Assim que fez o comunicado, a direção do partido afirmou em contato com o blog, que o próximo passo será definir uma estratégia e planejamento de comunicação para divulgar as ações de mandato do parlamentar.

Segundo Capitão Lucas, o objetivo é usar os sistemas de comunicação do partido para servir de canal de aproximação entre a sociedade e o parlamentar.

“Queremos usar nossos canais a partir do uso de recursos tecnológicos que aproximem o vereador do cidadão e que facilitem a divulgação da atuação parlamentar em meios diversificados, com baixo custo e ampla difusão”, destacou.

Para isso, a cada sessão na Câmara, o parlamentar contará com um membro da equipe de comunicação do partido que estará na Casa apenas com o intuito de cobrir as ações do líder do PSL.

Após a produção do release, o texto será encaminhado para os canais de divulgação. Com isso, o internauta pode ter acesso as entrevistas e matérias sobre o vereador nos mais diversos veículo de comunicação, ver fotos, acompanhar matérias em texto áudios e vídeos. Além disso, ainda pode interagir comentando matérias e deixando sugestões.

“Minha preocupação é com a imagem dos nosso filiados que serão candidatos. Por isso, o vereador Romualdo Oliveira terá uma atenção especial nesse final de mandato, pois vamos trabalhar para que ele possa honrar os votos e a confiança que recebeu. Será um trabalho de grande importância sem nenhum custo para o vereador, pois será o partido que vai assumir a despesa pelo planejamento que visa potencializar a imagem dos nossos pré-candidatos”, concluiu o dirigente partidário

Duarte Júnior quer prorrogar alvarás de bares e restaurantes

Bares, restaurantes e casas de eventos fechados há quatro meses, gerando desemprego e dificuldades tanto para os trabalhadores como para os empresários. Pensando em uma solução, o deputado estadual Duarte Jr (Republicanos) apresentou, na sessão legislativa desta quarta-feira, 24 de junho, uma indicação parlamentar na qual pede a prorrogação dos prazos de validade de autorizações e licenças de funcionamento para esses setores econômicos.

O deputado fez a indicação após uma reunião realizada no dia 22 de junho, quando Duarte ouviu as principais reivindicações de empresários e representantes de casas de eventos, bares, restaurantes e hotéis, neste momento de crise causada pela pandemia. A retomada das atividades de alguns desses setores está prevista para acontecer neste sábado, 27 de junho. “Eles terão a oportunidade de retornar às suas atividades, mas isso não significa que terão lucro ou poderão manter seus empregados”, ponderou Duarte.

Na plenária da Assembleia Legislativa, Duarte alertou para o fato de que, mesmo antes da pandemia, o setor já enfrentava muita burocracia para regularizar os negócios. “O empreendedor precisava dedicar tempo para buscar autorizações em uma série de órgãos, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Meio Ambiente, Delegacia de Costumes e Blitz Urbana. Agora, além disso, os empresários pararam suas atividades por quatro meses e grande parte das autorizações precisam ser renovadas”, disse o deputado.

Cada autorização tem o seu período de validade. O alvará do Corpo de Bombeiros, por exemplo, tem prazo de 12 meses, enquanto a autorização da Delegacia de Costumes vale apenas por três meses. Diante disso, Duarte considera que a demanda do setor é “justa e necessária. Para que esses empreendedores, ao invés de ter um prejuízo ainda maior pagando essas taxas, possam ter um fôlego financeiro para manter suas atividades”.

A indicação será encaminhada para todos os órgãos responsáveis. “Juntamente com o Sindbares (Sindicato de Bares e Restaurantes do Maranhão) e a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), vou me dirigir a cada um desses órgãos pessoalmente para solicitar a prorrogação dessas autorizações”, informou Duarte.

O deputado fez questão de observar que bares, restaurantes, hotéis e casas de evento são parte fundamental da cadeia criativa do Estado do Maranhão, conhecido internacionalmente por suas belezas naturais e por sua arte e cultura que são patrimônio mundial. “Este é o setor que vai nos ajudar a retomar a pujança econômica que tanto precisamos em nossa cidade, pra gerar emprego, desenvolvimento e melhoria na qualidade de vida da nossa gente”, concluiu o deputado.

MPE apura se empresário usa outdoors para promover pré-candidatura

O procurador Regional eleitoral do Maranhão, Juraci Guimarães Júnior suspeita que o empresário Jorge Maciel, pré-candidato a vereador em São Luís, pode estar utilizando sua empresa de outdoors para se promover eleitoralmente.

Maciel é o dono da Impacto Outdoor e, nos últimos dias, começou a veicular placas com sua foto e de mais quatro pessoas.

Para o representante do Ministério Público Eleitoral o caso pode configurar, em tese, campanha eleitoral antecipada, e ele pede que isso seja investigado.

A apuração, e uma possível ação contra o pré-candidato, ficará a cargo dos promotores da capital.

Ivaldo pede a reforma do Mercado da Forquilha

A Câmara dos Vereadores de São Luis, aprovou, por unanimidade, nesta terça-feira (23), o requerimento do vereador, Ivaldo Rodrigues (PDT), solicitando ao prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT), a inclusão do Mercado Municipal da Forquilha no Programa de Reformas e Reconstrução de Mercados.

“Através do Programa São Luís em Obras, nossa população vai poder contar com 9 Mercados Municipais modernizados, gerando maior conforto para as compras e vendas, higiene para a manipulação, e armazenamento de produtos alimentícios, com segurança alimentar e saúde, tanto para os clientes quanto para os feirantes. Todos ganham com um ambiente limpo e seguro, os moradores da Forquilha merecem um estabelecimento renovado para suas compras de hortifrutigranjeiros”, destaca Ivaldo.

Durante o período em que esteve a frente da Semapa, no poder executivo, Ivaldo garantiu a execução das obras de revitalização de importantes equipamentos públicos de abastecimento e comercialização da cidade, como os Mercados da Cohab, São Francisco, Tulhas, Coroadinho, Bom Jesus, Monte Castelo e Anil. Além de entregar os Mercados da Macaúba e Vicente Fialho completamente reformados.

Beto das Vilas é o melhor nome para derrotar Eudes Sampaio em São José de Ribamar

Conhecido de 4 entre 5 ribamarenses, segundo informações obtidas pelo blog,  o presidente da Câmara Municipal de São José de Ribamar, Manoel Albertin Dias dos Santos  – o Beto das Vilas (PRB), é favorito para vencer a eleição em 2020 na corrida à prefeitura ribamarense, uma vez que nenhum pré-candidato forte da oposição possui tamanha densidade eleitoral e presença nas comunidades. Para algunas analistas consultados pelo blog, o melhor nome para rivalizar com o prefeito Eudes Sampaio é o do chefe do legislativo municipal.

Determinado e dizendo estar convencido de que o desenvolvimento do município ribamarense estará comprometido se não houver um novo conceito de gestão da coisa pública, Beto das Vilas, como é popularmente conhecido no lugar, parece disposto a sair da zona de conforto e encarar pela primeira vez o enfrentamento, na corrida pelo executivo municipal, para construir uma candidatura majoritária competitiva.

Alçado a uma posição de certo destaque por conta dos seis mandatos consecutivos ao cargo no legislativo, o parlamentar que tem uma brilhante popularidade na cidade, é visto por todos os analistas do lugar como um ‘outsider’, para a disputa do executivo ribamarense em 2020.

A força politica dele é tão grande que hoje conta com apoio da maioria no legislativo municipal, pois dos 17 vereadores com representação na Câmara, 08 apoiam o projeto politico dele, podendo, inclusive, chegar a mais adesões.

Para a disputa deste ano, Beto das Vilas vem consolidado para enfrentar o grupo do ex-prefeito Luis Fernando, que deve concorrer no pleito com pelo menos dois candidatos – um deles o desgatado prefeito Eudes Sampaio. Porém, como está no poder a 10 anos, o atual chefe do executivo ribamarense – que já foi vice dos ex-prefeitos Luís Fernando e Gil Cutrim – está fracassando e por conta disso, sua rejeição é altíssima. Além disso, o antecessor que renunciou ao cargo no executivo acabou por contaminar a administração municipal, pois, para muitos, mesmo fora da prefeitura, ele continuou como o prefeito de fato.

Sem tomar conhecimento dos fracassos do atual gestor, Beto das Vilas vai se consolidando para enfrentar mais um desafio em sua vida pública e é o favorito para ser o próximo prefeito da cidade balneária.

Maranhão volta a registrar recorde de mortes por coronavírus em 24h

O  Maranhão registrou nesta segunda-feira (22) mais 630 casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, segundo o boletim da Secretaria de Saúde do Maranhão (SES) Foram 25 casos na Região Metropolitana de São Luís, 10 em Imperatriz e 595 nas demais regiões.

O Maranhão tem desde o início da pandemia 70 mil e 689 casos, com 1 mil 760 mortes, 47 mil 776 pessoas recuperadas e 1 mil e 701 suspeitos

O boletim registrou 39 mortes pela Covid-19, nas últimas 24 horas. No mês de junho já alcançamos 782 óbitos em 22 dias. Em março foram 63 óbitos, em abril 203 e em maio 705 mortes pelo novo coronavírus no Maranhão.

Os novos óbitos foram registrados nas cidades de Cajapió (1), Igarapé do Meio (1), Centro do Guilherme (1), Icatu (1), Pedreiras (1), Viana (1), Governador Edison Lobão (1), Amarante do Maranhão (1), Codó (1), Cachoeira Grande (1), Estreito (1), Penalva (1), Itapecuru-Mirim (1), São Bernardo (1), Coroatá (1), São João dos Patos (2), Coelho Neto (2), São José de Ribamar (2), Senador La Rocque (2), Grajaú (3), Barreirinhas (4) e São Luís (9).

A taxa de ocupação de leitos de UTI na Região Metropolitana é de 86,93% e de leitos clínicos de 38,05%. Em Imperatriz, a ocupação de leitos de UTI é de 72,22% e de leitos clínicos de 72,84%. Nas demais regiões, a ocupação de leitos de UTI é 80,11% e de leitos clínicos de 67,84%.

Segundo o boletim, 1 mil 804 profissionais da Saúde já foram infectados, destes 1 mil 642 estão recuperados e foram registrados 35 óbitos.

Confira os óbitos em junho:
22/06 – Segunda (39 mortes)
21/06 – Domingo (37 mortes)
20/06 – Sábado (39 mortes)
19/06 – Sexta (38 mortes)
18/06 – Quinta (37 mortes)
17/06 – Quarta (32 mortes)
16/06 – Terça (38 mortes)
15/06 – Segunda (32 mortes)
14/06 – Domingo (31 mortes)
13/06 – Sábado (37 mortes)
12/06 – Sexta (39 mortes)
11/06 – Quinta (38 mortes)
10/06 – Quarta (37 mortes)
09/06 – Terça (38 mortes)
08/06 – Segunda (39 mortes)
07/06 – Domingo (38 mortes)
06/06 – Sábado (38 mortes)
05/06 – Sexta (37 mortes)
04/06 – Quinta (33 mortes)
03/06 – Quarta (34 mortes)
02/06 – Terça (31 mortes)
1º/06 – Segunda (21 mortes)

‘Onda de ataque é prática contumaz em ano eleitoral’, diz Astro de Ogum

O vereador Astro de Ogum(PCdoB), vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, recebeu com muita tranquilidade a onda de ataques que vem sofrendo nos últimos dias. O parlamentar relembrou o episódio ocorrido em setembro do ano passado, quando no curso de uma investigação da Polícia Civil do Maranhão, culminou com a condução dele à delegacia por posse de arma, no cumprimento de dois mandados de prisão e, ainda, três mandados de busca e apreensão, inclusive, na própria residência do edil, no bairro Olho d’Água.

“Com quase 20 anos na vida pública, já vi e vivi muita coisa. Essa onda de ataque a políticos em ano eleitoral – tem sido uma prática contumaz. A investigação existe, é pública e está em curso. Como político, não posso achar que estou acima do bem e do mal, muito menos que não estou passivo a tal infortúnio”, disse o vereador.

Ele lembrou que tem uma história sem manchas e voltada plenamente às periferias da cidade. Afirmou, ainda, acreditar que os ataques fazem parte de um plano diabólico para alcançar o patrimônio político, que incomoda aqueles que não dispõem do mesmo que ele construiu ao longo de duas décadas. “A minha força é fruto de muito trabalho e dedicação aos menos favorecidos, bem como às causas sociais, mas se isso incomoda os meus adversários, tenho uma sugestão: trabalhem pelo próximo que terão o reconhecimento e o respeito que tenho”, finalizou.

O QUE PENSA A DEFESA

Para a defesa, causou estranheza o teor das informações publicadas, já que o episódio ocorreu em setembro de 2019, ou seja, há noves meses, e o que foi divulgado não coaduna com o que está no bojo da investigação, que em nenhum momento trata de crimes de estupro ou pedofilia. A liberdade de imprensa é algo salutar e de extrema importância na contemporaneidade, porém, precisa funcionar tendo como escopo o cumprimento do seu papel primordial: o de informar.

“Certamente, não podemos admitir as cogitações divulgadas de forma cotidiana pelos cidadãos que usam as redes sociais como escudo para veicular todos os tipos de manifestações, mesmo aqueles desprovidos do mínimo de conhecimento livresco e/ou jurídico. Esses indivíduos não se preocupam com a extensão tomada pela reverberação de suas falas sob o argumento da “liberdade de expressão”, mas as ditas opiniões atingem, de forma indiscriminada e livre de comprovação, o direito à honra de outras pessoas, devendo as reparações serem avultadas no momento oportuno. O processo está tramitando e, sem sombra de dúvida, a justiça prevalecerá”, finalizou o advogado Brenno Gomes Pereira.

Rádio Alegria FM é desativada em Santa Rita, após denúncias de irregularidades

A Rádio Alegria FM – 91.5 MHz, desativou na última semana o seu estúdio de transmissão, localizado na Rua Eber Braga, nº 606, Centro, em Santa Rita. A iniciativa faz parte de uma reformulação da empresa. A emissora foi denunciada em janeiro deste ano, por operar na cidade santa-ritense usando frequência de emissora que deveria funcionar no município de São José de Ribamar.

Por conta da irregularidade, a advogada Itamargarethe Corrêa Lima – que também é jornalista por formação – chegou a protocola, na Polícia Federal (PF) e na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), uma notícia-crime contra a estação, pedindo investigação imediata para apurar suposta ilegalidade que poderia causar interferências em outros canais de comunicação, como aeroporto, bombeiros, Samu, polícia e trazer prejuízos ao setor.

O blog apurou que a emissora até possui outorga junto ao Ministério das Comunicações, mas não teria autorização para funcionar no município santa-ritense. Embora tenha a razão social registrada como Rádio Alegria FM Comunicações Ltda. (CNPJ 26.927.770/0001-78), a Alegria FM estaria licenciada em nome de uma empresa que está inapta junto à Receita Federal, por omissão de declarações, conforme documento em anexo. Trata-se da RA Sistema de Radiodifusão Ltda. (CNPJ 01.895.225/0001-16), com endereço registrado na Rua Nossa Senhora das Graças, nº 52, Tijupá Queimado, em São José de Ribamar.

O QUE DIZ A REGRA?     
Desde 2006, o Ministério das Comunicações passou a ter o poder de definir a punição a rádios outorgadas (com licença de funcionamento) que cometam irregularidades. A decisão tomada no dia 20 de setembro daquele ano pelo conselho da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) chegou a ser avaliada pelo ministro da época como uma ‘grande vitória’.

Naquele período, a Anatel passou para o ministério o controle direto de toda a fiscalização e do fechamento ou não das emissoras de rádio comerciais, educativas e comunitárias no Brasil. Na verdade, a Anatel chegou a destacar que a decisão de seu conselho não tira dela o poder de fiscalizar o setor. Mas determina que, no caso de irregularidades em rádios que têm licença [como é o caso da Alegria opera em 91.5 MHz], depois que a agência constatar o problema e, eventualmente, lacrar a rádio, o processo segue para o ministério, a quem cabe apurar o caso, abrir o processo e eventualmente punir o infrator. No caso das rádios clandestinas (sem outorga) todo o processo continua com a Anatel.

Em número de ocorrências, as irregularidades são muito mais frequentes em rádios clandestinas. De janeiro a maio daquele ano, a agência realizou 811 ações de fiscalização, sendo 793 em emissoras clandestinas e apenas 18 em rádios com licença.

Segundo o órgão, o fato de o ministério passar a ter o poder de punir rádios licenciadas que cometam irregularidades não deverá politizar as decisões sobre punir ou não uma rádio.

EMISSORA FECHA AS PORTAS

Cinco meses após a denúncia, os equipamentos da emissora teriam sido desligados na semana passada e a estação acabou sendo desativada. No site RadiosNet, plataforma que traz milhares de rádios online do Brasil, a Alegria FM aparece como desativada e com a seguinte mensagem: “A rádio foi desativada por estar fora do ar ou por não existir mais”. O portal da emissora também aparece como desativado.