Brandão e Maranhãozinho estão juntos, mas separados pelo mesmo objetivo

Spread the love

Dezembro, véspera do ano novo, mexe fortemente com a temperatura da eleição de 2022. Carlos Brandão (Republicanos) e Josimar de Maranhãozinho (PL) marcaram para o início da próxima semana, um encontro para tratar sobre a sucessão estadual.

Parceiros em São Luís, vice-governador e o deputado federal examinarão o caminho da sucessão estadual, curvas e obstáculos e a estrada que poderá conduzir um dos dois para o Palácio dos Leões. Colocarão à mesa, nomes, partidos e alianças que entrarão nas composições para fechamento das chapas.

A disputa do cargo de governador é desejo de ambos. No entanto, as eleições de 2020 serviram para mostrar que os dois foram capazes de superar suas vaidades – algo que  o senador Weverton não conseguiu fazer – para botar os pontos nos “is” quando o assunto envolve o grupo político. Josimar chegou a ser apontado pela ala pedetista como ‘traidor’ quando da votação da reforma da Previdência do Maranhão na Assembleia Legislativa pelo fato dos deputados do PL, que compõe a base governista, não apareceram para votar a favor do projeto do governo.

No entanto, mostrou sua lealdade ao seguir com o governador Flávio Dino no momento em que ele mais precisou do grupo para reforçar seu projeto de poder apostando na candidatura de Duarte em São Luís. Assim como Brandão, Maranhãozinho tem as mesmas pretensões daqui a dois anos. Eles, inclusive, estiveram juntos no mesmo palanque na capital mostrando força e derrotando o outro oponente pedetista no primeiro turno do pleito municipal. Brandão e Maranhãozinho devem seguir caminhando juntos, mas separados pelo mesmo objetivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *