Edivaldo Júnior recebe R$ 214 mil para reformar estádio, mas não conclui obra

Spread the love
3
Com recursos liberados desde 2015, obras do Estádio Beira Rio, na Ilinha, seguem paradas.

Desportistas do bairro da Ilhinha, na Região do São Francisco, aguardam a reforma do Estádio Beira Rio que deveria ter sido iniciada junho e concluída em setembro deste ano, depois da liberação de R$ 214 mil 865 reais, por meio de um convênio com Ministério do Esporte. No entanto, o sonho de ver todos jogando juntos na comunidade esbarrou em um mistério.

4

A Construtora Delta Empreendimentos, vencedora de licitação, assinou o contrato com a Secretaria Municipal de Desporto e Lazer (SEMDEL) há cinco meses, fez alguns pequenos procedimentos, mas no mês passado, abandonou totalmente a construção, quando as obras já deveriam estar concluídas, de acordo com o contrato firmado, conforme extrato publicado no Diário Oficial do Munícipio (DOM) no dia 24 de julho de 2015.

imagem

Além da reforma do estádio Beira Rio, a empreiteira também ficou responsável por realizar serviços de melhorias no campo Jairzão, no Coroadinho. Nos dois casos, os recursos para a realização desses investimentos foram viabilizados através de uma emenda parlamentar do deputado federal Weverton Rocha, coordenador da campanha à reeleição do prefeito Edivaldo Júnior, ambos do PDT.

SUSPEITA DE IRREGULARIDADE
Ao analisar o processo licitatório que originou a contratação da Delta, por exemplo, observamos uma divergência nos números do contrato para o mesmo objeto. Ou seja, a Central Permanente de Licitação da Prefeitura publicou dois editais na modalidade tomada de preço para realização do mesmo serviço: 04/2015 e 01/2016, sugerindo semelhanças nos objetivos dos contratos que poderiam resultar em pagamentos duplos por serviços já executados.

divergencia1

divergencia2
A situação complica ainda mais quando se analisa os recursos para viabilizar os serviços. No Sistema de Convênios (Siconv) do Ministério do Planejamento, consta que o valor global para os investimentos foi de R$ 429.731,25 e mais uma contrapartida da Prefeitura de R$ 8 mil e 800 reais. No entanto, no Portal Transparência da União, o último repasse do convênio 786136/2013, foi no dia 21 de dezembro de 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *