Pedro Lucas renuncia mandato de vereador para ser deputado

Spread the love
Joãozinho se efetiva no mandato de vereador após renúncia de Pedro Lucas
Joãozinho se efetiva no mandato de vereador após renúncia de Pedro Lucas

Entregue na manhã desta terça-feira, 29 de janeiro, ao presidente da Câmara de São Luís, Osmar Filho (PDT), o pedido de renúncia ao mandato do agora, ex-vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB). Ele assume no dia 1° de fevereiro, em Brasília, o cargo de deputado federal, para o qual foi eleito em outubro de 2018.

Pedro Lucas foi vereador por dois mandatos, ficando quase seis anos no Legislativo ludovicence, pois um ano ele se licenciou do mandato para comandar a Agência Executiva Metropolitana (AGEM). Desde que assumiu pela primeira vez o mandato de vereador em fevereiro de 2013, o petebista apresentou 113 proposições que contribuíram para mudar a vida do cidadão na capital maranhense. Foram 34 leis, 31 requerimentos, 29 indicações e 19 decretos legislativos, conforme levantamento realizado junto a Diretoria Legislativa da Casa.

DOCUMENTO
Clique aqui e veja o pedido de renúncia ao presidente da Câmara, vereador Osmar Filho

Ao oficializar seu pedido de desligamento do mandato de vereador, Pedro Lucas que foi eleito deputado federal, com mais de 100 mil votos – dos quais 32.825 votos somente em São Luís – voltou a demonstrar sua gratidão ao povo de sua terra natal, em contato com o blog.

“Para mim, ter sido eleito vereador por dois mandatos já foi uma grande conquista. Agora eleito deputado federal é uma situação que me honra muito. Sou grato a Deus e ao povo”, comentou.

No lugar de Pedro Lucas, assume o suplente, Joãozinho Freitas, que obteve 3.675 votos nas eleições de 2016. Nas redes sociais, o petebista também fez questão de destacar as qualidades do seu substituto na Câmara de São Luís.

“Assino minha renúncia e de imediato o suplente Joãozinho [Freitas], que vai continuar representando o PTB na Câmara de São Luís toma posse, pois a cidade legalmente não pode ficar com um legislador a menos. Joãozinho, que é uma pessoa muito digna, respeitada e atuante, terá dois anos para trabalhar pela nossa capital”, frisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *